Cabeçalho modalidadesAntevendo que as hostes da UFC apenas se agitem com o evento de 20 de Janeiro, que terá como cabeças de cartaz os combates de disputa do título que opõem Stipe Miocic a Francis Ngannou e Daniel Cormier a Volkan Oezdemir, e sem esquecer a preponderância do tema Globos de Ouro, tomei a liberdade de escrever sobre a relação entre Hollywood e os octógonos da UFC. Esta relação é real, com lutadores que se tornam atores e atores que se tornam …

Quem não se lembra dos icónicos filmes de Van Damme, Jackie Chan, Steven Seagal, Chuck Norris e até mesmo de Sylvester Stallone? Grande parte destes atores têm um passado ligado às artes marciais que acabaria por ficar eternizado em algumas das mais épicas cenas de luta da história do cinema. No entanto, alguns destes profissionais da sétima arte nunca esqueceram o seu passado, colocando-o ao dispor de atletas da UFC.

O misterioso pontapé de Seagal

Steven Seagal é um mestre de aikido que treinou (pelo menos na sua visão das coisas) dois antigos campeões da UFC, os brasileiros Anderson Silva e Lyoto Machida. O ator congratula-se por ter ensinado a técnica de front kick aos dois antigos campeões da divisão Middleweight. Anderson Silva aplicou esta técnica a Vitor Belfort na edição 126 da UFC, merecendo inclusivamente o galardão de knockout do ano. Já Machida fez sensivelmente o mesmo, quando em 2011 selou a reforma do histórico Randy Couture.

O pontapé de Anderson Silva que lhe valeu a vitória Fonte: Superman Punch
O pontapé de Anderson Silva que lhe valeu a vitória
Fonte: Superman Punch

A comunidade MMA nunca deu muito crédito a Seagal. Em primeiro lugar, porque Machida é cinturão negro de karaté, arte marcial que aprendeu com o seu pai, não sendo por isso expectável que a influência de Seagal tenha sido significativa no arsenal de técnicas do brasileiro. Por outro lado, foi o próprio Anderson Silva que  acabou por desvalorizar os seus treinos com o ator americano, preferindo destacar os seus largos anos de relação com diversas artes marciais.

Anúncio Publicitário

Inegável é mesmo o facto destes dois lutadores terem recebido lições de Seagal.