Cabeçalho modalidadesDepois da viagem por Xangai, a UFC está de volta. Na edição 218, que será realizada dia 2 de Dezembro, Dana White e os seus conselheiros prepararam uma desforra, que muitos consideram desnecessária: Holloway vs. Aldo

Este não era o cenário idealizado pela administração da UFC. No entanto, a lesão facial de Frankie Edgar, aliada à ausência de referências na divisão Featherweight, precipitaram o regresso de Aldo à rota do título. O brasileiro pediu, e muito, uma desforra com Max Holloway, depois da derrota por knockout no terceiro assalto frente ao havaiano.

Os fãs desconfiam da capacidade de José Aldo em atingir os níveis de desempenho do passado. Por incrível que pareça, essa desconfiança não se deve ao surpreendente knockout de 13 segundos sofrido às mãos do já mítico Conor Mcgregor, mas sim devido à última performance no combate de disputa pelo título, realizado precisamente frente a Holloway. Nessa ocasião, Aldo surgiu apático, com falta de ritmo e sem aparentes soluções para contrariar a vivacidade e astúcia do atual campeão..

Legenda: Inicialmente o evento teria Frankie Edgar e não Aldo Fonte: MikeSwick
Legenda: Inicialmente o evento teria Frankie Edgar e não Aldo
Fonte: MikeSwick

Este evento poderá ser decisivo para Aldo. Uma derrota nos moldes semelhantes à da de  Junho deste ano, deverá renegá-lo para uma posição menor no ranking da divisão. Uma vitória poderá abrir caminho a um conjunto de  histórias entusiasmantes para os responsáveis da UFC. Imaginem uma trilogia Aldo vs Holloway. Ou então, Mcgregor vs Aldo 2.

Suposições à parte, o brasileiro terá de provar a Dana White e a todos os fãs de UFC que ainda tem samba dentro de si.

Foto de Capa: UFC

 

Comentários