Anterior1 de 3Próximo

O UFC 245 foi o último grande evento de 2019. O cartaz esteve recheado de estrelas, e contou com três combates por títulos. Amanda Nunes manteve-se campeã ao derrotar Germaine De Randamie; Alex Volkanovski tornou-se campeão de peso-pena ao vencer Max Holloway; e Kamaru Usman nocauteou Colby Covington para se manter campeão de meio-médio.

KAMARU USMAN vs. COLBY COVINGTON

Um dos combates mais aguardados do ano foi também um dos melhores do ano. Colby Covington é um lutador muito polémico e mediático pelas suas ações fora do octógono, mas teve performances muito boas frente a Rafael dos Anjos e Robbie Lawler. O americano atacou muito Kamaru Usman, e este combate teve muito mediatismo à sua volta devido ao “ódio” entre os dois.

Kamaru Usman venceu o título de meio-médio ao derrotar Tyron Woodley no UFC 235 e desde então que a rivalidade com Covington começou. Os dois já se confrontaram várias vezes, a mais conhecida foi num momento com os media americanos, depois da vitória de Covington sobre Lawler.

Dois wrestlers que se anularam nesse campo e decidiram trocar golpes. Podia resumir assim o combate. Nos dois primeiros rounds, Colby manteve-se fiel ao seu estilo: lançar um grande volume de golpes, não os mais fortes, mas a aplicar uma pressão elevada ao adversário. Usman começou a combater isso ao lançar golpes ao corpo de forma a abrandar o americano.

Na terceira ronda, um grande direto de Usman partiu o maxilar a Colby, que não desistiu do combate e continuou uma intensa troca de golpes. Após um quarto round com dificuldades, Colby não sobreviveu ao último round e foi nocauteado por Kamaru Usman.

Usman finalizou Covington na quinta ronda
Fonte: UFC
Anterior1 de 3Próximo

Comentários