Cabeçalho modalidadesEsta rivalidade, se é que se pode chamar isso ao que Yoel Romero e Luke Rockhold “têm”, não é certamente tão intensa quanto aquela que os países de origem dos cabeças de cartaz do evento da UFC 221 travaram durante décadas. Ainda assim, está em jogo o título da divisão mais enérgica, imprevisível e emocionante da UFC: a divisão Middleweight. Se este evento é tão importante quanto a rivalidade entre Fidel Castro e JFK? Bom, provavelmente não. Ainda assim, para um fã de UFC, trata-se de um evento no mínimo entusiasmante.

Yoel Romero
O cubano não encaixa muito bem no perfil de veterano. Yoel tem potência, explosão e flexibilidade. O atleta da conhecida terra dos charutos, é um wrestler experiente que curiosamente não se faz valer dessas suas competências para exercer superioridade sobre os seus adversários. É que, não nos equivoquemos, o cubano conquistou uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sidney, realizados no ano 2000. Yoel gosta do jogo de striking, gosta de voar e de aproveitar o voo para desferir uma potente e bem colocada joelhada. Que o diga Chris Weidman, também ele um forte pretendente ao título que em tempos possuiu. Não sei se Yoel era íntimo de Fidel, mas quem assistiu ás suas discussões com Bisping não conseguirá acreditar que este combate não terá pelo meio uma boa dose de orgulho cubano.
A única derrota de Yoel no seu percurso na UFC ocorreu no seu último combate, em que teve pela frente Robert Withaker

O perigoso joelho de Yoel Romer0 Fonte: FloCombat
O perigoso joelho de Yoel Romer0
Fonte: FloCombat

Luke
Luke está de volta. Agora que acabou o desconforto de ser confrontado com o duelo entre DC (seu amigo e companheiro de equipa durante largos anos) e Volkan Oezdemir (atual colega de equipa), o antigo campeão da divisão Middleweight quer voltar a ter o cinturão de campeão na sua cintura, depois de o ter perdido para Michel Bisping em 2016. Fisicamente, Luke terá um adversário à sua altura. Será interessante analisar as opções estratégicas do americano. Eu arriscaria que Luke fará uso do seu fortíssimo jogo de pernas. Os middle kicks e high kicks de Rockhold são demolidores, e perante Yoel, este será um dos poucos capítulos em que terá vantagem. Isto porque, e apesar de ser faixa azul em jiu-jitsu brasileiro e de ter praticado igualmente wrestling e judo, o americano terá pela frente o wrestling de nível olímpico do cubano.
Luke vem de uma vitória sobre David Branch, que sucede a uma penosa derrota por knockout frente a Michael Bisping. A derrota custou-lhe o título que agora poderá reaver.

Os pontapés de Rockhold Fonte: si.com
Os pontapés de Rockhold
Fonte: si.com

Quem vencer tem à sua espera uma larguíssima lista de espera, que inclui nomes como Robert Withaker, Chris Weidman ou Jacaré Souza. Mas por agora, o melhor mesmo é desfrutar de um combate em que os voos e potência de Yoel e o jogo de pernas de Luke terão certamente um papel decisivo.

Foto de Capa: Combat Docket

Anúncio Publicitário