Cabeçalho modalidades

Roman Reigns venceu no passado mês de Novembro o Título Intercontinental da WWE, adquirindo assim o raro estatuto de Grand Slam Champion, distinção atribuída aos lutadores que colecionaram ao longo da sua carreira um título principal, um de equipas, e os dois títulos secundários da companhia. No formato atual, para uma Superstar da WWE se tornar um Grand Slam Champion precisa de se tornar WWE Champion ou Universal Champion, vencer um dos títulos de equipas, Raw ou Smackdown Tag Team Title, e ainda o Título Intercontinental e o Título dos Estados Unidos.

Assim, na edição semanal do Monday Night Raw de 20 de Novembro, o “Big Dog” destronou o agora ex-campeão intercontinental The Miz, para juntar ao seu palmarés o último título da companhia que lhe faltava para atingir o marco que se especulava que estaria próximo.

O wrestler conseguiu assim em 5 anos após a sua estreia no elenco principal da WWE, um feito que várias lendas do Sports Entertainment nunca alcançaram durante toda a sua carreira.

bO “Big Dog”  momentos antes de defender com sucesso o seu título pela primeira vez  Fonte: WWE
bO “Big Dog” momentos antes de defender com sucesso o seu título pela primeira vez
Fonte: WWE

A verdade é que, apesar do sucesso de Roman Reigns, a opinião dos fãs sobre o lutador difere. Se uns lhe dão todo o mérito pelo seu percurso, outros consideram que a sua figura é um produto sobrevalorizado pela direção. E esse contraste de opiniões é audível sempre que Roman entra no ringue, em que os gritos de apoio lutam com o ruído das vaias e assobios.

Anúncio Publicitário

Os críticos do “The Guy” apontam que a sua ascensão não corresponde às suas aptidões como atleta ou como entertainer, mas apenas à sua forma física, e responsabilizam o presidente da WWE, Vince McMahon. Mr. McMahon é conhecido pelo seu apreço por lutadores com físicos possantes e elevada massa muscular, os chamados “powerhouses”, e já foi acusado várias vezes pela disparidade de oportunidade dadas aos atletas com essas características em comparação com os outros. Jinder Mahal e Ryback são alguns exemplos recentes de lutadores que corresponderam ao perfil associado à preferência do CEO da WWE. Roman Reigns, com 1,91 metros e 120 quilos, não foge também a essa aparência física, e o seu desenvolvimento explosivo é muitas vezes comparado ao de Batista na Ruthless Aggression Era.

A verdade é que o powerhouse dos The Shield nunca virou as costas às adversidades e, mesmo quando o público desejava o seu declínio, o wrestler demonstrou, principalmente no último ano, significativas melhorias na sua performance dentro do ringue e também as suas capacidades com o microfone, o que valorizou as suas exibições e as suas promos.

Consequentemente, o lutador apresenta-se atualmente como uma das superstars mais completas do main roster da World Wrestiling Entertainment, e o seu reportório deixa visível que, quer se goste ou se odeie, Roman Reigns é uma das maiores referências da modernidade do wrestling mundial.

Foto de Capa: WWE

Comentários