Cabeçalho modalidadesA WWE despediu-se de 2017 com o último evento do ano! O Clash of Champions foi mediano e com maior foco nos dois últimos combates, apesar da boa qualidade da maior parte dos outros combates.

À semelhança de outros eventos, tivemos surpresas, wrestling de qualidade e algumas decisões controversas. Tendo em conta que gira em torno de histórias previamente elaboradas, foi um evento decente e que terminou algumas das rivalidades que já se prolongavam há algum tempo. Por outro lado, possibilitou o crescimento de novas estrelas e o início de um novo ano que se prevê imprevisível, cheio de boas rivalidades e novos desenvolvimentos.

2017 foi bom para a WWE e a chegada de 2018 possibilitará um novo recomeço para todos os lutadores em geral. Resta saber de que forma a WWE irá aproveitar o novo ano e torná-lo fenomenal.