Cabeçalho modalidades

Estão abertas as hostilidades nesta nova época de esqui alpino que promete ser empolgante e extremamente equilibrada. No passado dia 23 de outubro, Solden (Áustria) recebeu com “casa cheia” o início da taça do mundo de esqui alpino.

O favoritismo era claro: Marcel Hirscher (por ser pentacampeão mundial de esqui alpino), Ted Ligety (por ter ganho quatro dos últimos cinco slaloms gigantes nesta estância) e Alexis Pinturault (que procurava dar seguimento ao grande final de época que tinha feito através da sua 16ª vitória da carreira) apresentavam-se como os mais fortes candidatos ao melhor tempo.

A primeira manga terminou de forma muito equilibrada, com Alexis Pinturault a protagonizar o melhor tempo (1:04.38) e Marcel Hirscher a tentar acompanhar o andamento do seu adversário, fazendo o segundo melhor tempo desta manga (1:04.55). Destaque também, nesta metade da prova, para o tempo de Justin Murisier, com apenas mais segundos que Hirscher.

Alexis Pinturault celebra a primeira vitória francesa nesta estância Fonte:
Alexis Pinturault celebra a primeira vitória francesa nesta estância
Fonte: francetvsport

Na segunda metade da prova, o austríaco Marcel Hirscher, apoiado pela esmagadora maioria dos adeptos da modalidade presentes em Solden, tentou tudo para derrotar o francês, mas um desequilíbrio a meio da pista (do qual Hirscher escapou milagrosamente da queda) comprometeu muito as suas aspirações à vitória diante dos seus adeptos. Depois disso, Alexis Pinturault deslizou para mais um tempo brilhante (o melhor da segunda manga) e nem o “milagre” protagonizado por Hirscher, momentos antes, serviu para impedir o francês de chegar à vitória, com um tempo total de 2:14.01, relegando o esquiador austríaco para o segundo lugar. A fechar o pódio, Felix Neureuther conseguiu, nos últimos 50 metros de pista, um magnífico sprint final, que lhe permitiu atingir o 1º pódio nesta estância.

Anúncio Publicitário

Nesta época, os apreciadores da modalidade vão poder usufruir de um (provável) grande equilíbrio entre os esquiadores e, consequentemente, de uma enorme incerteza quanto ao vencedor. Resta-nos esperar para saber quem levará a melhor em Levi (Finlândia), no próximo dia 13 de novembro…

Foto de capa: RTL