Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho modalidades

Foi com uma goleada de 10-5 sobre a França, que Portugal iniciou a sua participação na segunda etapa de liga europeia de futebol de praia que se está a realizar na Nazaré. Apesar da vantagem de cinco golos, o jogo não foi fácil e apenas no terceiro período, a seleção nacional conseguiu ser verdadeiramente superior aos “bleus”.

Bastaram apenas alguns instantes para Portugal abrir o marcador, visto que, na saída de bola José Maria levantou o esférico e Madjer, com uma bomba, apontou o primeiro. Pouco depois, Portugal esteve perto do 2-0, mas o remate de Ricardinho bateu nos dois postes e na recarga, Torres não conseguiu marcar. Não marcou Portugal marcou a França. Torres perdeu o esférico e Basquaise, isolado perante Andrade, empatou o encontro. A resposta portuguesa não tardou e pouco depois, Andrade teve espaço e com um remate de muito longe, a meias com Bizot, voltou a colocar Portugal na frente.

O tempo passava e o jogo continuava mexido, o que fazia com que as oportunidades para Portugal, que começava a evidenciar alguma superioridade na areia, continuassem a surgir, mas o resultado permanecia em 2-1. Por outro lado, a França, apenas de livres diretos conseguia chegar à baliza lusa, mas os remates que resultavam dos mesmos eram facilmente defendidos por Andrade.

O estádio do Viveiro encheu para ver a estreia da seleção portuguesa Fonte: Nazare Beach Events
O estádio do Viveiro encheu para ver a estreia da seleção portuguesa
Fonte: Nazare Beach Events

Só já dentro do último minuto do primeiro período, Bizot, com um remate de ângulo apertado, colocou o guarda-redes luso em maiores dificuldades.

Finalizado o primeiro período, Portugal vencia e bem por 2-1, mas algumas falhas na finalização impediram que o resultado fosse outro, pois o conjunto de Mário Narciso poderia estar a vencer por mais 2 ou 3 golos sem qualquer problema.

Logo aos dois minutos da segunda parte, Barbotti cometeu falta sobre Torres em zona frontal. O próprio Torres encarregou-se da marcação do livre e não desperdiçou a oportunidade fez o 3-1.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários