A festa da Taça de Portugal regressou aos pavilhões espalhados de norte a sul do país, nos quais as equipas portuguesas disputaram o acesso aos oitavos de final da competição.

Sem qualquer surpresa nos resultados finais, os olhos dos amantes do futsal estiveram claramente postos no Pavilhão Desportivo Universitário de Gualtar, uma vez que recebia o jogo grande entre o SC Braga e o Benfica. Estas duas formações prometiam uma partida equilibrada, até porque se encontram no 2º e no 1º lugar do campeonato de futsal, respectivamente.

Numa demonstração de grande qualidade por parte das duas equipas durante os 40 minutos, a sorte acabou por sorrir aos encarnados. Aos nove minutos, inauguraram o placar através de Alan Brandi, mantendo-se o 0-1 até ao intervalo. Na segunda parte, a turma de Joel Rocha acabou por dilatar a vantagem e, desta vez, foi Bruno Coelho o protagonista da jogada. Os “arsenalistas” cerraram os punhos e, em resposta, conseguiram reduzir a desvantagem para 1-2 com um golo de Tiago Brito. No entanto, a esperança bracarense, que se sentia tanto dentro de campo como nas bancadas, durou cerca de três minutos; Mancuso voltou a aumentar os números das águias para 1-3. Com o SC Braga a apostar no 5 para 4, o veredicto final foi estabelecido já nos últimos segundos da partida, quando Juanjo, guarda-redes do Benfica, aproveitou a baliza deserta dos minhotos para confirmar a vitória benfiquista e, consequentemente, carimbar a passagem aos oitavos de final. Um dos principais candidatos à vitória da competição foi então eliminado – na minha opinião, precocemente – sendo, de certa forma, “traído” pelo sorteio.

Caio Japa transferiu-se para o Sporting na época 09/10 e tem sido fundamental. Desta vez, confirmou a passagem do Sporting à fase seguinte da Taça
Fonte: Uefa.com

A pouco mais de 50 quilómetros de distância deste duelo entre bracarenses e lisboetas, o Unidos Pinheirense recebeu outro dos principais candidatos ao título – o Sporting. Separados por 34 pontos no campeonato nacional, nada previa que esta partida tivesse o início ao qual pudemos assistir: no espaço de 13 minutos, os espectadores foram presenteados com cinco golos, que surgiram de parte a parte. A equipa da casa foi a primeira a marcar, através de Vigário, quando passavam apenas três minutos do início da partida. Em resposta, Fábio Lima restabeleceu a igualdade e, poucos minutos depois, Paulinho e Alex conseguiram mesmo inverter o resultado a favor dos leões. Ainda assim, o Pinheirense reduziu a desvantagem, fixando o resultado em 2-3 ao intervalo. Já na segunda parte, e apesar do domínio leonino, tivemos de esperar pelo minuto 33 para que Caio Japa garantisse a qualificação da formação de Nuno Dias.

Anúncio Publicitário

Relativamente às equipas pertencentes à primeira divisão, decorreu ainda o embate entre o Rio Ave e o Boavista. Ambas as equipas estão posicionadas nos últimos lugares da tabela e queriam certamente, neste jogo, demonstrar que tinham qualidade para continuar numa das provas mais emblemáticas a nível nacional. Contrariando o lugar de despromoção em que se encontra, o Rio Ave e a sua força de vontade foram superiores à qualidade dos axadrezados, alcançando o triunfo por 5-3 na presença dos seus adeptos.

A estas três equipas juntaram-se mais sete formações que disputam a liga principal de futsal nacional (Leões de Porto Salvo, Burinhosa, Modicus, AD Fundão, Cascais, Póvoa Futsal e Belenenses), bem como seis equipas da segunda divisão (Operário, Fátima, ABC Nelas, Amarense, UPVN e Casal Velho).

 

Resultados completos da eliminatória

Valpaços Futsal

0-7

Fátima

AD Fundão

0-0 (3-1) g.p.

SL Olivais

SC Braga

1-4

Benfica

Os Indefectíveis

0-1

Modicus

Piratas de Creixomil

3-6

Burinhosa

Operário Lagoa

6-5

Arsenal Parada

Portela

1-2 (a.p.)

Leões de Porto Salvo

Rio Ave

5-3

Boavista

Academia Caranguejeira

0-2

Cascais

ABC Nelas

7-7 (10-9) g.p.

CS São João

GDR Lameirinhas

1-2

Póvoa Futsal

Lobitos Futsal

3-6

Belenenses

AR Amarense

5-2

ACR Vale de Cambra

Beira-Mar

5-7 (a.p.)

Casal Velho

UPVN

3-1

Feirense

Unidos Pinheirense

2-4

Sporting

Foto de capa: Facebook do SC Braga/AAUM Futsal