“PRAT’ÍCIA” MAMONA, UMA VÉNIA!

O terceiro dia das provas de Atletismo ficou marcado pela segunda medalha de Portugal. Patrícia Mamona arrecadou a prata, no Triplo Salto feminino, depois de bater o recorde nacional e pessoal, com a marca de 15.01 metros. Na mesma prova, a venezuelana Yulimar Rojas venceu e conseguiu o recorde do mundo na especialidade.

Logo no primeiro salto, Patrícia já tinha entrado para os livros da história do Atletismo português. A marca de 14.91 garantia o recorde pessoal e nacional, mas a atleta ainda se superou. Apesar de o segundo e terceiro (nulo) saltos não terem sido perfeitos, voltou à quarta tentativa para conseguir pulverizar em 10 centímetros os seus próprios recordes.

Anúncio Publicitário

O ouro foi uma miragem, tendo em conta a grande prova da nova campeã olímpica, Yulimar Rojas. A venezuelana bateu, logo na primeira tentativa, o recorde olímpico (15,41m) e arriscou tudo nos saltos seguintes, na busca da melhor marca de sempre.

Rojas partiu para o sexto e último salto sem pressão depois de garantir o ouro. A saltadora fez o ritual habitual antes da corrida e, depois dos três saltos, aterrou e percebeu que conseguiu bater o recorde do mundo. O juiz validou o salto e os placards do Estádio Olímpico anunciaram: 15.67m, mais 17 cm que a melhor marca anterior, que pertencia à ucraniana Kravets, desde 1995.

A fechar o pódio, ficou a espanhola Ana Peleteiro. A marca de 14.87 metros foi suficiente para a medalha de bronze, atrás de Yulimar Rojas e Patrícia Mamona. No final, a confraternização entre as atletas foi um dos melhores momentos de todos os Jogos Olímpicos.

Mais cedo no dia, a atleta portuguesa, Auriol Dongmo, terminou a prova de lançamento do peso no quarto lugar. Apenas cinco centímetros a separaram do sonho de uma medalha de bronze para a lançadora lusa.

A especialidade teve um pódio constituído pela chinesa Gong Lijiao, medalha de ouro, a americana Raven Saunders, medalha de prata e a australiana Valerie Adams, que conquistou o bronze no lançamento do peso.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome