bola-na-rede-bnr-olimpico

Nesta terça-feira, ainda um pouco na ressaca da brilhante medalha de bronze da Telma Monteiro, não posso dizer que o dia tenha corrido particularmente bem. Mesmo assim, houve resultados bons que merecem ser enaltecidos. Coube ao tenista Gastão Elias iniciar a representação nacional, mas o jogador português não conseguiu segurar o seu serviço nos momentos decisivos e acabou por cair aos pés do norte-americano Steve Johnson, com parciais de 4-6 e 3-6.

A vela acabou por nos trazer algumas boas notícias, nomeadamente o bom dia do porta-estandarte nacional, João Rodrigues, que melhorou na classe RS:X para ocupar o 14º lugar ao fim de dois dias de competição. Gustavo Lima piorou um pouco em relação ao dia inaugural, caindo para a 21ª posição ao fim de quatro regatas na classe Laser. Já Sara Carmo teve m dia positivo, subindo algumas posições em relação ao primeiro dia, desde o 34º até ao 29º, findas as quatro primeiras regatas da sua classe Laser Radial.

José Carvalho (na foto de capa) fez um brilharete na sua estreia em Jogos Olímpicos, chegando à final da canoagem slalom, onde alcançou um excelente nono lugar, ficando a um mero lugar de levar para casa um diploma olímpico, entregue aos oito primeiros classificados em qualquer modalidade olímpica.

Marcos Freitas ainda vai procurar pelo menos o segundo diploma olímpico Fonte: COP
Marcos Freitas ainda vai procurar pelo menos o segundo diploma olímpico
Fonte: COP

O dia acabou com um grande jogo entre o mesatenista português Marcos Freitas e o japonês Jun Mizutani, resolvido apenas ao cabo de seis partidas, com 4-2 favorável ao jogador nipónico. Apesar desta derrota, o diploma está garantido e também a melhor participação portuguesa de sempre no ténis de mesa, ainda faltando a competição por equipas, onde Portugal abre diante da equipa da Áustria.

Anúncio Publicitário

Agenda dia 10 no Rio’2016:

Tiro: João Costa

Pistola 50m – Qualificação Hora: 13h00

Judo: Célio Dias

-90 Kg – Eliminatórias Hora: 14h00

Ciclismo: Nélson Oliveira

Comentário de Nuno Raimundo, redator BnR de Ciclismo:

[blockquote style=”1″]O único representante português na prova de contrarrelógio é o campeão nacional dessa mesma especialidade neste ano, Nélson Oliveira. O ciclista da Movistar tem estado forte este ano e a prova disso mesmo foi a sua brilhante prestação no contrarrelógio no Tour. O único problema poderá ser o facto de não se saber como irá reagir à queda que sofreu na corrida de estrada destes mesmos Jogos Olímpicos. Se estiver em forma, com o tipo de percurso que é (bem adaptado às suas caraterísticas), é possível “sonhar” com uma medalha. Ainda assim, um resultado no top’8 e o respetivo diploma já será algo de destaque, tendo em conta a concorrência.[/blockquote]

Contra Relógio Hora: 15h28,30

Futebol: Portugal vs Argélia

Fase de Grupos Hora: 17h00

Vela: Gustavo Lima

Laser – Dia 3 Hora: 17h00

Sara Carmo  Fonte: COP
Sara Carmo
Fonte: COP

Sara Carmo

Laser Radial – Dia 3 Hora: 17h00

Natação: Alexis Santos

200 Estilos – Eliminatórias Horas: 18h14

200 Estilos – Meias Finais Horas: 3h29

Diogo Carvalho

200 Estilos – Eliminatórias Horas: 18h14

Foto de capa: COP