bola-na-rede-bnr-olimpico

Este dia parecia ser bastante promissor quando, no início da jornada, se escreveu história para o atletismo nacional, ao Patrícia Mamona e Susana Costa lograrem o apuramento para a final olímpica de triplo salto, com o 9.º e 11.º lugares na qualificação, respetivamente. Puro engano, pois o que se seguiu foi um dia bastante cinzento para as cores lusitanas, com a derrota de Pedro Martins na fase de grupos do torneio de badminton, perante o canadiano Martin Giuffre, após ganhar o primeiro set com relativa facilidade.

No torneio de futebol, uma derrota estrondosa com a Alemanha nos quartos-de-final ditou o adeus da seleção sub-23, saindo de cena “apenas” com um diploma, atribuído às equipas que ficam posicionadas entre o quarto e o oitavo lugares.

JO 2016
Derrota com a Alemanha deitou por terra a possibilidade de lutar por medalhas no futebol
Fonte: COP

Simultaneamente, competiu o ginasta Diogo Abreu na prova de trampolins, e estava em quarto lugar após o primeiro round, mas uma queda no segundo exercício deitou por terra as aspirações de Diogo, que não conteve as lágrimas enquanto via a pontuação obviamente baixa do júri, vendo quatro anos de trabalho cruelmente deitados ao lixo com um pequeno erro no posicionamento no trampolim. Ninguém estará mais triste do que o próprio atleta; tenho a certeza disso.

Na vela, Sara Carmo melhorou um lugar na classe Laser Radial, acabando no 27.º lugar, ficando bastante longe da regata das medalhas, sendo de registar o nono posto na última corrida, a sua melhor prestação ao longo dos cinco dias que marcaram a competição. Gustavo Lima também teve um dia bastante modesto, baixando para o 22.º lugar na classificação geral da classe Laser. Jorge Lima e José Costa também não estiveram particularmente bem no dia de hoje, baixando para o 11.º lugar após uma série das regatas fracas, após o segundo lugar no dia de ontem.

No golfe, tanto José Filipe Lima como Ricardo Melo Gouveia tiveram um dia muito mau, estando igualados no 44.º lugar, após um terceiro dia em que andaram no fundo da tabela, com cinco e seis pancadas acima do PAR, respetivamente.

Nem o próprio atletismo escapou a esta autêntica razia no Rio’2016, pois Cátia Azevedo foi afastada nas eliminatórias dos 400 metros. Por fim, também a equipa de ténis de mesa se despediu dos jogos, com a eliminação perante a Áustria, atual campeã europeia em título, nos oitavos-de-final. 3-1 foi o resultado final, num jogo apenas decidido nos detalhes e que podia ter caído para qualquer lado, mas infelizmente para nós caiu para o lado dos adversários.

Agenda dia 14:

Golfe: Filipe Lima

Dia 4 Hora: 11h33

Ricardo Melo Gouveia

Dia 4 Hora: 11h44

Atletismo: Dulce Félix

Maratona Hora: 13h30

Jéssica Augusto

Maratona Hora: 13h30

Sara Moreira

Maratona Hora: 13h30

JO 2016
Patrícia Mamona vai tentar saltar para as medalhas
Fonte: COP

Patrícia Mamona

Triplo Salto – Final Hora: 0h55

Susana Costa

Triplo Salto – Final Hora: 0h55

Badminton: Pedro Martins vs NG Ka Long Angus

Fase de Grupos Hora: 13h40

Telma Santos vs Lianne Tan

Fase de Grupos Hora: 23h55

Equestre: Luciana Diniz

Salto de Obstáculos – 1ª Ronda Qualificação Hora: 14h00

Imagem de capa: COP

Comentários