logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

NFL

NFL | Antevisão da época e da Semana 1

ANTEVISÃO DA ÉPOCA

As minhas previsões da NFL irão ter em conta, não só os artigos anteriores de “Comprar, manter ou vender stock”, mas também as informações que nos chegam da pré-época, assim como lesões, novas contratações e principais jogadores em destaque nos estágios das equipas e também nos jogos amigáveis, embora bastantes treinadores tenham optado por não utilizar os seus titulares nestes jogos.

Classificação da AFC:

1.º – Kansas City Chiefs (Vencedores da AFC Oeste)

2.º – Cleveland Browns (Vencedores da AFC Norte)

3.º – Buffalo Bills (Vencedores da AFC Este)

4.º – Indianapolis Colts (Vencedores da AFC Sul)

5.º – Baltimore Ravens

6.º – Tennessee Titans

7.º – Los Angeles Chargers

Creio que os Chiefs irão ficar novamente em primeiro, pois espero uma nova época de domínio, e tendo em conta que estão inseridos numa divisão menos competitiva do que os Browns e os Bills, acredito que alcancem mais vitórias, ficando assim no primeiro lugar da conferência.

As principais equipas que deixei de fora dos playoffs, mas que fecham o meu Top-10, podendo, por isso, estragar as minha previsões, são os Miami Dolphins, os Pittsburgh Steelers e os New England Patriots. Vejo muita qualidade e potencial em todas elas, mas tenho dúvidas que me fazem crer que falharão os playoffs.

Classificação da NFC:

1.º – Tampa Bay Buccaneers (Vencedores da NFC Sul)

2.º – Green Bay Packers (Vencedores da NFC Norte)

3.º – Los Angeles Rams (Vencedores da NFC Oeste)

4.º – Dallas Cowboys (Vencedores da NFC Este)

5.º – San Francisco 49ers

6.º – Minnesota Vikings

7.º – Arizona Cardinals

Tal como na AFC, os Buccaneers e os Packers poderão ter um grande domínio nas suas divisões, havendo uma grande probabilidade de perderem poucos jogos. Por outro lado, os Rams e os 49ers, estão na divisão mais competitiva da liga, o que poderá fazer com que não alcancem tantas vitórias.

De fora, ficaram equipas como os Seattle Seahawks, os Washington Football Team e os New Orleans Saints. Vejo motivos em todas elas para poderem ir aos playoffs, mas as falhas que identifico em cada uma delas, fazem com que não tenha uma grande convicção nas mesmas.

Super Bowl – Los Angeles Rams vencem os Cleveland Browns

Escolha altamente parcial, mas tenho uma forte crença na dupla formada por Sean McVay e Matthew Stafford. Já os Browns possuem um dos plantéis mais completos, tendo um jogo de corrida fortíssimo e uma defesa que será muito superior à do ano passado.

Embora os Chiefs e os Bucs sejam grandes ameaças, não acredito que voltem a vencer as suas conferências, estando os Bills e os 49ers inseridos numa segunda linha de candidatos.

Por último, tentarei adivinhar os jogadores que vencerão os prémios individuais.

MVP – Patrick Mahomes (Quarterback dos Kansas City Chiefs)

Offensive Player of the Year – Steffon Diggs (Wide Receiver dos Buffalo Bills)

Defensive Player of the Year – Myles Garrett (Defensive End dos Cleveland Browns)

Comeback Player of the Year – Dak Prescott (Quarterback dos Dallas Cowboys)

Offensive Rookie of the Year – Kyle Pitts (Tight End dos Atlanta Falcons)

Defensive Rookie of the Year – Micah Parsons (Linebacker dos Dallas Cowboys)

O Jorge é portista desde nascença, adepto do desporto rei desde pequeno. Ver o FC Porto no Dragão com estádio cheio é algo que não consegue descrever. É espectador assíduo de Snooker desde os 14 anos, sendo Judd Trump quem o deixa de pé, colado à televisão. Mas foi mais recentemente que foi convencido a seguir a NFL, e não poderia ter tomado melhor decisão. Os Los Angeles Rams tornaram-se na sua nova fonte de sofrimento desportivo. Entre vídeos, podcasts e leitura de artigos muitas horas se passam. Durante a época da NFL, aos domingos a partir das 18h os jogos só param de madrugada, e mais nada acontece. Agora descobriu a escrita sobre este desporto para ocupar as horas que lhe sobravam.                                                                                                                                                 O Jorge não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

O Jorge é portista desde nascença, adepto do desporto rei desde pequeno. Ver o FC Porto no Dragão com estádio cheio é algo que não consegue descrever. É espectador assíduo de Snooker desde os 14 anos, sendo Judd Trump quem o deixa de pé, colado à televisão. Mas foi mais recentemente que foi convencido a seguir a NFL, e não poderia ter tomado melhor decisão. Os Los Angeles Rams tornaram-se na sua nova fonte de sofrimento desportivo. Entre vídeos, podcasts e leitura de artigos muitas horas se passam. Durante a época da NFL, aos domingos a partir das 18h os jogos só param de madrugada, e mais nada acontece. Agora descobriu a escrita sobre este desporto para ocupar as horas que lhe sobravam.                                                                                                                                                 O Jorge não escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA