Tendo em conta o momento de forma atual de cada uma das tenistas do circuito, a posição que ocupam no ranking, e aquilo que ainda falta jogar até ao final da presente temporada (considerando os torneios a disputar e a superfície dos mesmos), lançam-se algumas apostas ordenadas relativamente àquela que poderá terminar o ano 2017 na posição número 1 do ranking mundial:

1 – Karolina Pliskova

A tenista checa não tem conseguido impor-se nos momentos decisivos mas, sobretudo em piso rápido, tem primado pela consistência, tendo atingido a meia-final em Indian Wells e em Miami. O seu serviço é o melhor do circuito WTA na atualidade, tendo esta feito 530 ases ao longo da temporada 2016 (mais 196 do que Serena Williams!). As suas principais dificuldades surgem quando as adversárias a obrigam a deslocar-se no court e a enfrentar longas trocas de bolas. Assim sendo, se a temporada de terra batida não promete ser positiva para a checa, já os torneios em relva e, sobretudo, em piso rápido, poderão leva-la a ascender, pela primeira vez na carreira, ao lugar cimeiro do ranking WTA.

Fonte: Facebook Oficial de Karolina Pliskova
Pliskova tem-se mostrado irrepreensível no serviço
Fonte: Facebook Oficial de Karolina Pliskova