1.

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Franco Cervi – Desconhecendo a condição física em que se apresenta, certo é que muito estranho não ter sido opção na quinta-feira passada, sobretudo pelo desenrolar do jogo e pela monotonia ofensiva que o SL Benfica apresentava. Assim, para este jogo, vejo um papel fulcral na utilização do argentino, podendo aproveitar Bruno Lage as suas caraterísticas mais irreverentes, nomeadamente a procura do um contra um e do desequilíbrio que daí provoca e, sobretudo, a sua largura em momentos, potencializando o aparecimento de Grimaldo em zonas mais adiantadas e interiores.