2.

Fonte: FIFA World Cup

Di Maria – Oh magia pura. Oh meu menino de ouro. Oh meu argentino favorito, além Messias. O Di Maria foi, para mim, o meu achado jovem do gabinete de procura de talentos da luz. Chegou madrinho mas rápido. Timido mas cheio de talento para espalhar. Todo assustado com a dimensão do Benfica mas com vontade de mostrar trabalho como nunca o tinha feito. Tornou-se no jogador que mais milhões moveu na história do futebol e hoje está assim meio perdido nas vielas de Paris. Volta, meu querido! Volta!

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
Artigo anteriorOs 10 equipamentos mais bonitos da última década em Portugal
Próximo artigoO Jardim do Cintra, comandado por Mendes
O João é benfiquista desde que se lembra. Nascido e criado em Aveiro, com uma experiência de cinco anos de vida em Moçambique, vive em Lisboa desde Agosto de 2015. A acompanhar os jogos do Benfica desde sempre e sem falhar a presença no Estádio da Luz pelo menos uma vez por ano, desde sempre que escreve textos pessoais acerca do Benfica e sobre o futebol em geral. Com coragem para defender e criticar o clube da Luz sempre que for preciso, tem mais interesse pela arte do futebol praticado do que pelas polémicas ou aspectos que mancham o desporto rei.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.