2.

Fonte: FIFA World Cup

Di Maria – Oh magia pura. Oh meu menino de ouro. Oh meu argentino favorito, além Messias. O Di Maria foi, para mim, o meu achado jovem do gabinete de procura de talentos da luz. Chegou madrinho mas rápido. Timido mas cheio de talento para espalhar. Todo assustado com a dimensão do Benfica mas com vontade de mostrar trabalho como nunca o tinha feito. Tornou-se no jogador que mais milhões moveu na história do futebol e hoje está assim meio perdido nas vielas de Paris. Volta, meu querido! Volta!