Arranca a Liga Europa para os vimaranenses!

    - Advertisement -

    Depois de ter conseguido os primeiros três pontos na Primeira Liga, o Vitória SC tenta agora a mesma façanha, desta feita na Bélgica, contra o Standard de Liège. Já os homens da casa, depois de terem garantido o primeiro lugar da liga doméstica – à condição, porque o Club Brugge tem menos um jogo –, procuram entrar com o pé direito, frente aos seus adeptos e (teoricamente) contra o adversário mais fraco, quando comparado com os outros dois.

    Posto isto, ambas as equipas vêm de resultados positivos: o Vitória SC venceu por 5-1 no D. Afonso Henriques e o Stantard de Liège ganhou, fora de casa, ao Oostende (1-4). Esta será uma partida que previsivelmente destacará as características ofensivas de ambas os intervenientes, porque é aí que estão os seus melhores jogadores. Davidson (que vem “descansado”, depois de cumprir castigo), Rochinha, André Pereira, Lucas Evangelista e Alexandre Guedes são setas apontadas à baliza dos belgas. Já do outro lado, atenção à qualidade de Mehdi Carcela-Gonzalez (ex-SL Benfica), Lestienne, Limbombe e Emond. Orlando Sá, o único português no plantel, continua a recuperar de lesão.

    ACHAS QUE O VITÓRIA SC TEM ARGUMENTOS PARA VENCER? ENTÃO, APOSTA JÁ!

    Ambas deverão entrar em campo com a sua tática favoritas: 4-3-3, embora com nuances diferentes. No caso dos vimaranenses, será com um médio de cariz mais defensivo, um oito “box-to-box” e depois um terceiro elemento, funcionando mais de ligação direta com os atacantes. No caso do Standard de Liège, será com um meio-campo mais defensivo, com dois pivôs mais fixos no terreno, a arriscar pouco, e um terceiro que fica com a capacidade de ligar a defesa ao ataque e que faz precisamente o contrário dos seus guarda-costas. Aliás, este deve ser mesmo o jogador mais perigoso dos belgas, que será (aposto eu) Anthony Limbombe.

    Standard de Liège em campo, na última vitória forasteira da equipa
    Fonte: Standard de Liège

    Se tivesse de apostar neste jogo, diria que estou à espera de golos. Estamos a falar de um relvado em boas condições (algo de que os dois conjuntos gostam), espaços para atacar – porque ambas têm dificuldade no processo defensivo –, num jogo onde acho que há pouca ou nenhuma pressão: qualquer uma das equipas não é favorita a passar, relegando essa pasta para o Arsenal e para o Eintracht de Frankfurt.

    Dito isto, a minha opinião é que o Vitória SC nada deve, em termos de qualidade, aos seus oponentes. Vou até mais longe: se funcionarem em equipa e tiverem atenção à profundidade dos extremos e ponta-de-lança do Standard, podem claramente vence-los, apesar de jogarem fora de casa. Agora, tudo vai depender das mexidas dos treinadores – podem aproveitar para rodar alguns elementos – e claro, do elemento “sorte”.

    O Standard de Liège vs Vitória Sport Clube decorre amanhã, dia 19 de Setembro, pelas 17h55, o “primeiro” horário da Liga Europa. À mesma hora joga o Sporting CP, enquanto no horário das 20h, entram em campos os outros dois portugueses: FC Porto e SC Braga.

    Foto de Capa: Vitória SC

    - Advertisement -
    spot_img

    Subscreve!

    Artigos Populares

    Prodígio de Jorge Jesus na lista de preferências do PSG

    O Paris Saint-Germain FC pode virar atenções para um...

    Saúl Ñíguez pode mudar de clube em Espanha

    O médio espanhol Saúl Ñíguez pode estar perto de...

    Volte-face nas negociações por Nicolò Zaniolo

    O jogador italiano Nicolò Zaniolo está agora mais perto...

    Promessa belga oficializada no Dortmund

    O BVB Dortmund anunciou a contratação do jovem prodígio...

    O alvo de Mourinho para reforçar a defesa da AS Roma

    Com a saída de Karsdorp cada vez mais iminente,...
    Carlos Ribeiro
    Carlos Ribeirohttp://www.bolanarede.pt
    Com licenciatura e mestrado em Jornalismo, Comunicação e Cultura, o Carlos é natural de um distrito que, já há muitos anos, não tem clubes de futebol ao mais alto nível: Portalegre. Porém, essa particularidade não o impede de ser um “viciado” na modalidade, que no âmbito nacional, quer no âmbito internacional. Adepto incondicional do Sport Lisboa e Benfica desde que se lembra de gostar do “desporto-rei”.                                                                                                                                                 O Carlos escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.
    Bola na Rede