logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

jogadores portugueses football

As 10 adaptações mais estranhas do Seculo XXI no Futebol Português

Há vários anos que existe uma enorme dúvida no futebol, nomeadamente como identificamos que um jogador está a jogar “fora” da sua posição sofrendo adaptações. Por definição, a posição de um jogador é-lhe “atribuída”. Caso seja um polivalente, acaba por ser mais associado à posição original da carreira ou na posição em que o jogador se associa quando questionado. Por definição, o posicionamento inicial de um jogador em campo é definido pela região que ele mais ocupa durante uma partida e onde ele se posiciona inicialmente no esquema tático da equipa.

Se algumas adaptações foram um verdadeiro sucesso e fizeram certos jogadores “explodir” e melhorar o seu rendimento, outras foram um verdadeiro desastre, porquanto obrigaram jogadores a fazer coisas para as quais simplesmente não tinham capacidade ou caraterísticas. Vamos então fazer uma viagem por algumas das adaptações mais estranhas do século XXI em Portugal, sendo que existe claramente uma posição fetiche para adaptações: as laterais.

O Diogo é Advogado, nascido e criado no Porto. Tem um mestrado em direito do trabalho e uma pós-graduação em gestão do futebol. Adora desporto, especialmente futebol, ao qual dedico grande parte do seu tempo livre. Já participou na elaboração de um livro de direito do desporto e a sua tese de mestrado é sobre o regime jurídico dos treinadores de futebol. Começou por ser jogador, passou para treinador e agora joga novamente numa equipa de Gondomar.                                                                                                                                                 O Diogo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

O Diogo é Advogado, nascido e criado no Porto. Tem um mestrado em direito do trabalho e uma pós-graduação em gestão do futebol. Adora desporto, especialmente futebol, ao qual dedico grande parte do seu tempo livre. Já participou na elaboração de um livro de direito do desporto e a sua tese de mestrado é sobre o regime jurídico dos treinadores de futebol. Começou por ser jogador, passou para treinador e agora joga novamente numa equipa de Gondomar.                                                                                                                                                 O Diogo escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA