Anterior1 de 2Próximo

O objetivo primário do futebol é marcar mais um golo que o adversário. Só assim se alcançam as vitórias, melhores classificações e consequentes títulos. No entanto, quantos mais golos melhor. Para isso são treinados e contratados os melhores avançados – dentro do possível – mas nem sempre o campeão nacional consegue ter no topo da lista dos melhores marcadores um dos seus atletas. Neste aspeto, a regra parece ser ‘não haver regra’, bem exemplificada nos últimos cinco anos.

A época 2013/14 marcou o início do tetracampeonato encarnado, mas o melhor marcador morou no Dragão: Jackson Martínez apontou 20 golos em 30 jornadas. O destaque vai para a aparente enfraquecida veia goleadora encarnada. Apesar da vitória final, aquela que mais importa, o SL Benfica apenas coloca Lima no quarto lugar dos melhores marcadores (14 golos), atrás de Derley (16) e Rafael Martins (15). O primeiro, avançado do CS Marítimo, acabou contratado pelos encarnados, mas a época não lhe correu da melhor forma no que aos golos diz respeito. Acabou vendido ao CD Aves depois de dois empréstimos aos turcos do Kayserispor e mexicanos do Chiapas FC. O segundo, avançado do Vitória FC, foi transferido na época seguinte para o Levante UD, emprestado ao Moreirense FC e ficou em definitivo em Portugal, ao serviço do Vitória SC.

‘Cha Cha Cha’ Martínez foi o melhor marcador por três temporadas consecutivas
Fonte: FC Porto

Na época seguinte, Jackson Martínez voltou a bater a marca das duas dezenas e reclamou o posto de melhor marcador do campeonato português (21 golos). Na verdade, nas três épocas ao serviço dos dragões, o colombiano conseguiu sempre esta distinção, entre 2012 e 2015. As águias revalidaram o título, mas desta vez colocaram dois atletas bem próximos ao Cha Cha Cha; Jonas e Lima marcaram 20 e 19 golos, respetivamente. Para lá do universo dos três grandes, Marco Matias, do CD Nacional, surge no quarto lugar com 17 remates certeiros. O português transferiu-se na temporada seguinte para os ingleses do Sheffield Wednesday FC, do Championship, onde compete desde então.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários