De facto, Coimbra tem um toque especial. Desde o tempo dos Lusitano-Romanos, até aos tempos de D. Dinis, da primeira universidade em Portugal, ou até mesmo no que toca à famosa Briosa.

Atenção, que não estou a falar de um clube qualquer. Estou a falar apenas, vejam bem, do clube mais antigo de Portugal e da Península Ibérica. Claro está: no ativo. É fantástico ver que um clube com 131 anos de histórias para contar continua a fazer palpitar o coração de muitos estudantes. Decerto que não estará na melhor etapa da sua história, mas com certeza que também irá reerguer-se. Pelo menos, assim espero.

Já conta com duas Taças de Portugal e dois campeonatos da segunda divisão, mas, infelizmente, neste momento não se situa numa posição muito confortável no segundo escalão: está em penúltimo lugar da tabela classificativa. No entanto, acho que é injusto resumir estas conquistas de uma forma tão simples.

Desde a sua formação, a Briosa contou com 63 participações na Primeira Divisão e com 18 na Segunda
Fonte: Associação Académica de Coimbra – OAF

É, sem dúvida, de realçar o facto de a Académica ter sido a primeira equipa a ganhar a famosa Prova Rainha em Portugal, no ano de 1939. Setenta e três anos depois, o troféu veio de novo para Coimbra, quando a equipa de Pedro Emanuel derrotou o Sporting com um golo solitário. Em 2012/2013, continuou a fazer história, tendo-se qualificado pela primeira vez para a fase de grupos da Liga Europa.

Coimbra já viveu dias mais felizes em relação ao futebol, isso é certo. Mas desengane-se quem acha que, por isso, os estudantes desenredam pé do Estádio Cidade de Coimbra. No passado dia 3 de Novembro, a Académica fez anos e os seus adeptos não deixaram isso em branco no jogo seguinte à data comemorativa. Os festejos de mais um ano da “Velha Senhora” foram celebrados ao minuto 31 com tarjas e canções. Uma delas, como não podia deixar de ser, foi a dos parabéns.

São 131 anos de bola a rolar para os lados de Coimbra. São 131 anos em que guarda-redes voam para defender a baliza da Briosa. São 131 anos cheios de empenho e superação, quer de jogadores, quer de adeptos. São 131 anos de paixão a esta Velha Senhora. E com certeza muitos mais virão.

 

Foto de Capa: Associação Académica de Coimbra – OAF

 

Comentários