Cabeçalho Futebol Nacional

A formação de um plantel é algo que requer muito planeamento e que exige algum tempo por parte dos dirigentes e treinador de qualquer clube. Muitas equipas apostam nas contratações, outras na formação, mas quando essas opção são inviabilizadas, a única opção é recorrer a empréstimos, algo que acontece de forma recorrente no nosso futebol.

Em Portugal, e um pouco por toda a Europa, muitas equipas acabam por se formar devido a empréstimos. Normalmente a ideia passa por ocupar uma posição específica que a equipa necessita, com um jogador que não irá acarretar grandes custos e que terá tempo e espaço para se afirmar para depois voltar ao clube de origem. Na nossa liga portuguesa são muitos os casos de jogadores emprestados que estão a ter tempo e espaço que não tinham nas suas equipas, e é isso que me proponho a analisar.

Jorge Mendes continua a ter em carteira vários jogadores muito promissores, que naturalmente acaba por colocar em Portugal para se valorizarem. Gil Dias, extremo de 20 anos, formado no Braga, cujo passe pertence ao Mónaco, tem deslumbrado no campeonato português ao serviço do Rio Ave. O jovem extremo tem impressionado com a sua velocidade estonteante, com a panóplia de jogadas que inventa e pela maturidade que apresenta com a sua tenra idade.

Esta temporada, com seis golos, tem sido um dos maiores responsáveis pela boa temporada da equipa de Vila do Conde. Gil Dias, promete ser mais um dos jovens portugueses a ganhar destaque nos próximos anos, ainda para mais quando faz parte dos quadros de uma das equipas que mais jovens tem lançado para a ribalta nos últimos tempos.

O jovem avançado português parece ter renascido Fonte: Facebook de Ricardo Horta
O jovem avançado português parece ter renascido
Fonte: Facebook de Ricardo Horta

No Bessa, na cidade invicta, outro jovem extremo tem brilhado. Falo de Iuri Medeiros, extremo de 22 anos, emprestado pelo Sporting ao Boavista. Dono de um pé esquerdo fenomenal, o terceirense, tem deixado os adversários com os olhos em bico. Iuri alia velocidade, qualidade técnica e uma capacidade assinalável de tomar decisões acertadas. Iuri, tem sido um dos maiores responsáveis pela manobra ofensiva dos axadrezados, fazendo com que muitos adeptos leoninos o cogitassem para um possível regresso a casa. Certamente, que esta temporada não tem deixado Jorge Jesus, indiferente à qualidade do jovem.

Comentários