Não é todos os anos que o melhor jogador do Campeonato de Portugal dá o salto para o escalão acima, logo na época seguinte. Porém, Adewale Sapara é a exceção à regra. Eleito pela página Campeonato de Portugal – Campeonato das Oportunidades, o melhor jogador da temporada 2019/2020, foi apresentado pelo Leixões SC Futebol SAD, como reforço para o próximo ano desportivo.

Sapara, nigeriano de 25 anos, pode jogar em qualquer uma das alas, sem perder a qualidade que lhe é reconhecida. O seu 1,75m não o tornam franzino, já que a robustez física que possui, é um ponto chave nos duelos de corpo. O remate de meia distância também um dos seus melhores atributos. Para os menos atentos ao CP, descrevo Sapara em três palavras: veloz, objetivo e imprevisível. O estilo de jogo que apresenta faz lembrar Brayan Riascos (CD Nacional), ainda que, com maior primor técnico em relação ao colombiano.

Em Portugal desde 2014, ano em que deixou a capital da Nigéria para ir em busca do sonho do futebol, ainda não jogou numa liga profissional. O SC Farense abriu-lhe as portas do país, mas seguiram-se várias experiências em campeonatos secundários. Representou o CDR Quarteirense, Sertanense FC, ARC Oleiros e SR Almancilense, antes de chegar finalmente ao SC Olhanense.

Até ao momento da suspensão e posterior encerramento da competição, o extremo havia apontado 15 golos e oito assistências em 22 jogos, na Série D do Campeonato de Portugal. A juntar a estes números, estão ainda os 42 golos (!) nas últimas três épocas. A meu ver, e sem futurologia à mistura, é uma aposta ganha para o Leixões.

Anúncio Publicitário

Dado este caso, há que ver a moral da história. A qualidade desta prova está a aumentar ano após ano. E não sou eu, mas sim jogadores e treinadores que por lá passam, que o dizem. Se dúvidas houvessem, basta recordar os embates do FC Alverca e do Vizela FC, frente a Sporting CP e SL Benfica, respetivamente. Os ribatejanos levaram de vencida a formação leonina, enquanto que os vizelenses não bateram os encarnados por muito pouco.

Há muitos e bons lagos por onde pescar neste campeonato, se é que me faço entender. Adewale Sapara é a prova viva, da vida que o Campeonato de Portugal dá ao futebol português.

Comentários