Aconteceram várias surpresas na primeira mão do Play-Off de subida à Segunda Liga, com as quatro equipa do norte de Portugal a saírem derrotadas dos seus confrontos, num fim-de-semana de sucesso para as equipas do sul e para o Praiense, única equipa das ilhas a chegar a esta fase do Campeonato de Portugal.

E foram os açorianos os primeiros a entrar em campo, com uma deslocação ao difícil terreno do Fafe, segundo classificado na Série A. Perante uma forte moldura humana de apoio aos locais, o Praiense ficou a jogar com dez unidades a partir dos 57 minutos, após expulsão de Vladimir Forbs, mas conseguiu sair do Estádio Municipal de Fafe com o precioso triunfo já no tempo de descontos, com um golo de Michael Silva três minutos para lá dos noventa.

Um pouco mais abaixo no mapa de Portugal, em Santa Maria da Feira, houve duelo de peso entre Lusitânia Lourosa e UD Leiria, com os “repetentes” da Cidade do Liz a levarem a melhor sobre os estreantes lusitanistas com um triunfo por 3-2. Ulisses Oliveira e Ernest Antwi deram vantagem aos leirienses, com Léo a reduzir a desvantagem já na segunda parte, mas um penálti do experiente Leonel Olímpio garantiu o triunfo para o UD Leiria. Já nos descontos, Henrique reduziu a desvantagem, deixando a eliminatória em aberto para o Estádio Magalhães Pessoa.

O UD Leiria tenta voltar aos campeonatos profissionais, depois de três tentativas falhadas nos últimos cinco anos
Fonte: UD Leiria

Já no Ribatejo e bem perto de Lisboa, o UD Vilafranquense deixou de lado todos os problemas de salários em atraso e bateu o Vizela, um dos grandes candidatos à subida, por 2-0. Num jogo resolvido através da marca dos 11 metros e com sotaque brasileiro, Ragner Paula e Wilson Santos não desperdiçaram duas grandes penalidades e deram uma vantagem importante às Piranhas do Tejo, que são a equipa que sai mais confortável desta primeira mão do Play-Off de subida.

Anúncio Publicitário

Por fim, o Sporting de Espinho deslocou-se a Pina Manique para defrontar o Casa Pia, que conquistou o lugar de Play-Off envolto em polémica e num vai-não-vai por parte do Conselho de Disciplina da FPF. Não fugindo à regra das restantes equipas nortenhas, os Tigres foram derrotados pelos Gansos por 1-0, com um golo de Andrezinho já a meio da segunda parte.

Ainda faltam noventa minutos de futebol para chegarmos às decisivas meias-finais mas, por agora, temos uma interessante vantagem dos clubes do Sul, contrária à tendência nortenha dos clubes nas competições profissionais.

No próximo domingo joga-se a segunda mão dos quartos-de-final do Play-Off, onde iremos descobrir os quatro clubes que vão disputar as derradeiras meias-finais, onde irão sair as duas equipas que vão jogar na Segunda Liga na próxima época.

 

Foto de Capa: UD Vilafranquense

Artigo anteriorOs melhores da temporada
Próximo artigo1500, 1974, 2019
Flaviense de gema e apaixonado pelo Desportivo de Chaves - porque tem de se apoiar o clube da terra - o João é licenciado em Comunicação e Jornalismo na Universidade Lusófona e procura entrar na imprensa desportiva nacional para fazer o que todos deviam fazer: jornalismo sério, sem rodeios nem complôs, para os adeptos do futebol desfrutarem do melhor do desporto-rei.                                                                                                                                                 O João escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.