Anterior1 de 4Próximo

Em jogo a contar para a 12ª jornada, CD Feirense e CS Marítimo empataram a uma bola, numa partida com um final eletrizante.

Os dois clubes defrontaram-se, esta noite, pela terceira vez na presente época. O saldo até esta partida era favorável aos “fogaceiros”, com duas vitórias, uma a contar para a Taça de Portugal e outra a contar para a Taça da Liga.

No que toca ao campeonato, o Feirense chegou a esta partida no penúltimo lugar da tabela classificativa, apenas à frente do GD Chaves. Já o Marítimo visitou Santa Maria da Feira à porta da zona de despromoção.

Nuno Manta Santos fez três alterações em relação à última jornada do campeonato, em que perdeu no Estádio da Luz por quatro bolas a zero, promovendo as entradas de Diga, Vitor Bruno e Babanco, para as saídas de Alphonse, Tiago Gomes e Fábio Sturgeon. Já Petit promoveu duas alterações, depois da derrota caseira frente ao Vitória FC. Saíram Joel Tagueu e Ricardo Valente para as entradas de Rodrigo Pinho e Fabrício Baiano.

Os “fogaceiros” entraram no jogo determinados a vencer e criaram duas oportunidades de perigo logo nos primeiros dez minutos. Aos dois minutos, João Silva ganhou de cabeça e Edson Farias ficou isolado, mas, na cara de Amir, atirou ao lado. Ao nono minuto, Tiago Silva encheu o pé à entrada da área e valeu Amir, a defender para canto.

Apesar de um ligeiro ascendente do Feirense, as duas equipas acabaram por encaixar na tática uma da outra e prevaleceu o jogo físico, principalmente a meio-campo, com um total de 27 faltas cometidas na primeira parte, mas sem oportunidades evidentes de golo junto das duas balizas.

O Feirense voltou do intervalo à imagem do início do jogo e dispôs da primeira oportunidade do segundo tempo, aos 47 minutos. Diga cruzou, Tiago Silva dominou e ganhou espaço dentro da área maritimista, mas rematou à malha lateral da baliza dos insulares.

O Marítimo despertou e, aos 53 minutos, Correa atirou à entrada da área e Caio teve de se esticar para defender.

O Marítimo estava por cima e, aos 56 minutos, Fabrício cruzou e Correa, ao segundo poste, devolveu para a pequena área, onde aparecia Rodrigo Pinho para finalizar, não fosse um corte providencial de Nascimento.

Os da casa voltaram a equilibrar a partida e, aos 68 minutos, chegaram à vantagem. Vitor Bruno descobriu Tiago Silva, que entrou na grande área com a bola controlada e foi rasteirado por Lucas Áfrico. Hélder Malheiro apontou para a marca de penálti e o número dez do Feirense bateu Amir. Estava aberto o marcador.

Tiago Silva quebrou o nulo na conversão de uma grande penalidade
Fonte: CD Feirense

O Marítimo não baixou a cabeça e foi à procura do golo. Aos 78 minutos, Bebeto cruzou e Rodrigo Pinho cabeceou à trave da baliza de Caio, naquela que foi a melhor oportunidade da equipa de Petit até aí.

Aos 81 minutos, o Feirense ainda celebrou o segundo da noite, mas o assistente de Hélder Malheiro assinalou fora de jogo, com posterior confirmação do vídeo-árbitro. David Bruno bateu o livre e Edinho cabeceou, mas o avançado português estava em posição irregular.
Aos 86 minutos, foi a vez do Marítimo festejar antes do tempo. Danny apareceu isolado na cara de Caio e empurrou para o fundo das redes fogaceiras, mas o golo não foi validado, por fora de jogo.

O Marítimo acabou por empatar, aos 95 minutos, por intermédio de Ricardo Valente. O avançado, num momento de grande inspiração, colocou a bola no canto da baliza de Caio, que não teve a mínima hipótese de defender.

O Feirense, numa bola bombeada para a área, aos 96 minutos, ainda dispôs de uma grande oportunidade por Edinho, mas Amir fez a mancha para assegurar a divisão de pontos.

Os comandados de Nuno Manta Santos sobem à 16ª posição, ultrapassando o CD Tondela, mas sem sair da zona de despromoção. O Marítimo ultrapassa, assim, CD Aves e Boavista FC na classificação e sobe ao 13º lugar.

Na próxima jornada, o Feirense desloca-se à Pedreira para defrontar o SC Braga e o Marítimo recebe o SL Benfica.

Onzes iniciais

CD Feirense: Caio; Diga, Briseño, Nascimento, Vitor Bruno;Babanco,Machado(66’ Sturgeon), Tiago Silva, Edson Farias(85’ Miller); João Silva(76’ Edinho).

CS Marítimo: Abedzadeh; Bebeto,Zainadine,Lucas Áfrico, China; Vukovic,Gamboa(83’ Jean Cleber), Fabrício J.(64’Valente), Correa( 75’ Joel Tagueu); Danny, Rodrigo Pinho.

Anterior1 de 4Próximo

Comentários