BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

CD Santa Clara

BnR: Qual a sensação de conseguir a 2ª vitória consecutiva em casa?

J.H: Ganhar é sempre um motivo de satisfação. Acima de tudo, foi uma vitória muito importante, face a um adversário muito competente e organizado, como é hábito nas equipas de Vítor Oliveira. Mesmo jogando com mais um não foi fácil, pelo contrário. Também não exploramos muito bem esse fator na primeira parte. Na segunda parte melhoramos. Fomos uma equipa mais agressiva, sabemos que houveram falhas na finalização e podíamos ter marcado mais cedo.

Gil Vicente FC

Anúncio Publicitário

BnR: A sua equipa quase levou um ponto dos Açores. O que falhou?

V.O: O Santa Clara marcou e nós não. Há situações que ao longo dos jogos temos vindo a fazer ouvidos moucos. Essas situações são: Na primeira parte relativo a expulsão, o árbitro tinha um amarelo na mão e, por influência, do quarto-árbitro mostrou o vermelho direto. Na segunda parte, uma entrada do Rashid sobre o Sandro Lima e, consequentemente, uma agressão do César ao mesmo jogador. Há situações que devem ser revistas pelo VAR, que é uma ferramenta muito útil quando é bem usada. O Gil Vicente merece mais respeito.

Rescaldo com opinião de João Ferreira e Raquel Roque

Foto de Capa: BnR

artigo revisto por: Ana Ferreira