É um exemplo para muitos, um herói para outros e, no final das contas, é o guardião das redes do CD Tondela. E que bem cumpre este papel! Cláudio Ramos chegou ao clube por empréstimo do Vitória SC e neste momento é peça-chave na equipa de Pepa.

Foi preponderante na subida do clube tondelense à primeira divisão e continuou a marcar a diferença no primeiro escalão. Desde 2015/2016 que a luta do Tondela pela manutenção tem sido sempre bastante difícil, mas a presença impetuosa do guarda-redes de 26 anos na baliza tem ajudado a cumprir este objetivo época após época.

Cláudio Ramos é a prova viva de que um jogador não precisa de representar um dos grandes para fazer parte das contas de Fernando Santos. Quantos e quantos jogadores não desejariam estar no seu lugar neste momento? Depois das excelentes exibições que tem prestado ao serviço do Tondela, o guarda-redes já merecia este voto de confiança.

Cláudio Ramos foi decisivo na passagem do Tondela para a próxima fase da Taça de Portugal, defendendo duas grandes penalidades
Fonte: CD Tondela

Esta oportunidade é excelente para o jogador, mas também o é para tantos outros que anseiam o seu momento a representar a seleção do seu país e provavelmente vêem o caminho muito mais dificultado por não terem tanta visibilidade como aquela que teriam se estivessem a jogar num clube de maior dimensão. Isto é triste, mas é a realidade e, no fundo, esta chegada de Cláudio Ramos à Seleção das Quinas vem desmistificar um pouco isso.

Já na semana passada, o guarda-redes esteve outra vez em evidência no jogo do Estoril-Tondela a contar para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. Fez uma excelente exibição durante os 120 minutos de jogo, aliás, como já nos habituou e foi determinante na decisão final resolvida através de pontapés na marca dos 11 metros. Cláudio Ramos defendeu duas grandes penalidades e ajudou a sua equipa a carimbar a passagem para a próxima fase da Prova Rainha.

Depois da sua primeira convocatória na selecção e da sua primeira internacionalização, Cláudio Ramos está, sem dúvida, a passar por um dos melhores momentos da sua carreira. A mim, parece-me que o guardião tem estrutura para evoluir e, quem sabe, voar para outros destinos assim como o faz tão bem quando voa para defender a baliza do CD Tondela. Resta-nos saber onde será que aterra.

 

Foto de Capa: CD Tondela

Comentários