Anterior1 de 2Próximo

Realizado mais um sorteio da Primeira Liga, com alguma polémica à mistura, salta à vista o facto de para as últimas jornadas, mais concretamente a última, estar reservado um clássico no estádio do Dragão. Numa altura habitualmente crítica e decisiva da época, o Sporting CP deslocar-se-á à cidade invicta para defrontar o atual campeão nacional e, à semelhança das outras épocas, poderá ser um clássico que baralhe as contas e a classificação final.

Numa análise às épocas anteriores, pode constatar-se que foram realizados clássicos ou derbies na ponta final (últimas cinco jornadas) das últimas cinco temporadas, a maior parte dos jogos com influência na decisão quanto ao vencedor.

Na época 2013/14, ainda com 16 competidores, na última jornada (30.ª), o FC Porto recebeu e venceu o SL Benfica por 2-1. Para os dragões, marcaram Ricardo Pereira e Jackson Martínez, e para os encarnados marcou Enzo Pérez, ainda na primeira parte. No entanto, a vitória defendeu “apenas” a honra dos azuis e brancos, já que o campeonato tinha um vencedor anunciado há bastante tempo. As águias venceram com sete pontos de avanço do Sporting CP e 13 do FC Porto.

No entanto, na época seguinte, e já com 18 equipas em prova, as circunstâncias foram diferentes. Com hipótese de igualar os encarnados na primeira posição, o FC Porto visitou a Luz na 30.ª jornada e não foi além do nulo com que a partida iniciou. Em vantagem no confronto direto e na diferença dos golos, as águias conservaram assim a distância de três pontos que se manteve até ao final da prova.

Na época de 2015/16, o Sporting CP discutiu com os rivais encarnados o título até ao último jogo. Dois pontos separavam as duas formações, naquela que foi a primeira época de Jorge Jesus no comando dos leões. Tudo apontava para um jogo de elevado risco na visita ao Dragão, a duas jornadas do fim, e que podia atrasar os verde e brancos na corrida do título e entregá-lo, quase por completo, às águias. No entanto, um bis de Islam Slimani e um golo de Bruno César derrotaram o FC Porto que ainda marcou por Héctor Herrera. O maior obstáculo estava ultrapassado, mas a diferença manteve-se até ao fim e o SL Benfica alcançou o tricampeonato.

Adrien e Sérgio Oliveria em ação no FC Porto vs Sporting de 2015/16
Fonte: Sporting CP

Na temporada seguinte, a quatro jornadas do fim, Alvalade recebia novo derby

Anterior1 de 2Próximo

Comentários