Cabeçalho Futebol NacionalApós o jogo da ronda inaugural no qual o Sporting de Braga enfrentou o Benfica no Estádio da Luz, o treinador dos bracarenses, Abel, fez referência à enorme disparidade existente entre os clubes denominados “grandes” e os restantes clubes da liga. Os clubes pequenos têm o desafio de ao longo da época medir forças com equipas que são construídas com orçamentos descomunalmente superiores.

Segue cada vez mais desigual a “competição financeira” dos clubes componentes da primeira liga portuguesa de futebol, em que até o Sporting de Braga, visto por muitos como o “quarto grande” e tendo sido o clube que nos últimos anos tem conseguido fazer frente aos grandes, possui um orçamento aproximadamente dez vezes inferior aos três principais clubes. Grande parte dos clubes possui um orçamento inferior a quatro milhões de euros, ou seja, comparativamente aos clubes grandes, o salário de um ou dois jogadores, em alguns casos, seria suficiente para cobrir todo o orçamento de um clube.

O atual Presidente da Liga deverá ter em atenção a discrepância existente no campeonato nacional Fonte: Liga Portugal
O atual Presidente da Liga deverá ter em atenção a discrepância existente no campeonato nacional
Fonte: Liga Portugal

É uma diferença gigante que poderia ter sido reduzida caso tivessem sido cumpridas as premissas do presidente da liga, onde os direitos das transmissões televisivas iriam ser divididos em semelhantes fatias por todos os clubes, tal como sucede por exemplo na Premier League. Essa medida seria crucial para diminuir este fosso financeiro, e trazer mais equilíbrio à competição dentro das quatro linhas. No entanto não foi cumprido, e os excelentes contratos televisivos conseguidos pelos clubes grandes, vieram a acentuar ainda mais esta desigualdade.

Cada vez será mais difícil aos clubes mais modestos tentarem reduzir esta diferença, e se por vezes o conseguem, isto deve-se fundamentalmente à excelente capacidade de trabalho existente nos técnicos do nosso país. São a grande competência dos nossos treinadores no trabalho de campo, e dos departamentos de scouting na descoberta de potenciais talentos a baixo custo, que vão permitindo que a nossa liga ainda se encontre entre as melhores ligas da Europa. Imagine-se então, com melhores condições financeiras e mais competitividade, onde se poderia chegar…

Foto de Capa:  Liga Portugal

Comentários