Sem vencer, oficialmente, desde dezembro, os alarmes começaram a fazer-se ouvir por Portimão, reforços serão necessários. Não é credível um plantel como o do Portimonense SC que possui potencial para lutar pelos lugares cimeiros da classificação e deter apenas duas vitorias, que coincide com o pior registo de vitórias da Liga.

Para o upgrade ao meio campo o escolhido foi Bruno Costa, proveniente do FC Porto, aos 22 anos, vem de uma época apagada, com apenas seis jogos. Sem espaço no plantel da Invicta, desde cedo se percebeu que não teria capacidade para assumir o papel de titular. Porém, nos algarvios terá espaço para agarrar a titularidade e assumir um papel de protagonista. Algo que falta por terras do sul: um jogador que assuma a construção de jogo e projete ofensivamente os companheiros.

Seguiu-se o avançado ganês Evans Mensah, de 21 anos, foi cedido pelo Al-Duhail, clube do Qatar, orientado pelo português Rui Faria. Trata-se de um jogador canhoto, que atua preferencialmente no corredor esquerdo, muito rápido e com um apurado sentido de finalização. Apesar da equipa contar com alguns extremos como Tabata, Aylton, Marlos e Andersons, esta contratação acaba por ter um certo carácter obrigatório uma vez que a equipa perdeu Tabata pelos próximos dois meses devido à sua participação no pré-olímpico da América do Sul.

No espaço de poucos dias e, para já, o último reforço deste defeso, os alvinegros inscreveram na Liga o japonês Takuma Nishimura, que aos 23 anos atuava na equipa russa do CSKA Moscovo, onde somou cerca de 279 minutos ao serviço da formação moscovita, apontando apenas dois golos. Atua preferencialmente como segundo avançado, com capacidade de se desmarcar para zonas de finalização muito facilmente. Tem as armas necessárias para fazer dupla com o colombiano Jackson Martinez (recentemente contratado a título definitivo pelo clube). Com o intuito de dar um novo rumo à carreira, o nipónico junta-se aos seus dois compatriotas, Gonda e Anzai.

Jackson Martinez foi recentemente contratado a título definitivo pelo Portimonense SC
Fonte: Liga Portugal

Estas novas aquisições, retirando Mensah que ainda não se encontra em trabalhos com a equipa mostraram, desde logo, capacidade de mudar os resultados negativos que a equipa vinha a ter jornada após jornada e entraram diretamente para o onze titular, no jogo que fechou a primeira volta do campeonato em casa do CD Aves. Equipa que ocupa o 18º lugar, que equivale ao último lugar. O jogo acabou com um resultado gordo de três bolas a zero a favor dos avenses, onde os reforços da equipa visitante passaram despercebidos durante o jogo.

De referir que todos os elementos adicionados ao plantel do Portimonense SC foram emprestados, o que levanta a dúvida sobre a capacidade financeira do clube. Teoricamente, adquirir jogadores a título definitivo devia ser o foco, pois seria importante garantir um projeto de sucesso futuro e tirar proveito do rendimento futebolístico e financeiro depois de os potenciar.

O que pode acontecer no Sul é uma incógnita, com o plantel que apresentam e, agora, com um novo treinador, ainda há tempo para salvar esta época que, até agora, tem sido desastrosa.

Foto de Capa: Portimonense SC

Artigo revisto por Diogo Teixeira

Comentários