4.

Académica OAF x Sporting CP (2011/2012) – Como em todas as as finais da Prova Rainha do futebol português, o Jamor estava cheio para receber o favorito Sporting, a tentar conquistar um título que já escapava há quatro anos e a Académica que procurava levar o caneco para a cidade dos estudantes, 73 anos depois da última vez que o conseguiu. Mais uma vez, o golo surgiu muito cedo e para os estudantes: aos quatro minutos, Diogo Valente cruzou com conta, peso e medida para o golo de cabeça do baixote Marinho que causou uma explosão de alegria para os de Coimbra.

Essencialmente, isso foi a primeira parte deste jogo. Já a segunda, recomeçou com muita emoção com Edinho perto de aumentar a vantagem sobre os leões por diversas vezes, e ao longo do jogo, o Sporting esteve muito perto de empatar, mas Van Wolfswinkel, o avançado dos leões não esteve nos seus dias e Ricardo, guardião da Académica foi um muro intransponível. Os estudantes conseguiram segurar a vantagem até final e puderam finalmente, sete décadas depois, levar a Taça para Coimbra.