Anterior1 de 2Próximo

Essa é a pergunta que provavelmente os adeptos do Sporting Clube de Braga, e todos os adeptos do futebol português no geral, devem fazer, neste momento, perante o arranque dos trabalhos de pré-época, do Sporting Clube de Braga, para a nova temporada de 2018/2019.

Não há dúvidas de que estamos a falar do clube português com maior crescimento nos últimos anos. A tentativa de aproximação aos três grandes tem sido clara e objetiva por parte de António Salvador. O clube bracarense já esteve na luta pelo título até à última jornada, na temporada 2009/2010, que coroaria o Benfica como campeão nacional. A verdade, é que apesar de, entretanto terem passado por Braga grandes treinadores, como Leonardo Jardim, e grandes jogadores, como Rafa Silva, o clube bracarense nunca mais esteve tão perto da luta pelo título.

Poderemos dizer que esta temporada será, finalmente, uma nova oportunidade para o Sporting de Braga se tentar colar na luta até ao final, e quem sabe, ganhar. Em Braga vive-se um período de estabilidade, coisa rara nas últimas temporadas, com a manutenção do treinador Abel Ferreira. O facto de o núcleo forte do plantel da época passada se manter, para já, é também um forte indicador de sucesso para a época que se avizinha.

O Braga procura, aliás, reforçar esse mesmo plantel. Até ao momento já foram três as contratações oficias feitas pelos guerreiros do Minho. João Novais (ex-Rio Ave FC), Eduardo Teixeira (ex-Estoril) e Ailton (ex-Estoril) vêm preencher um plantel já de si, forte para a realidade do futebol português. Saídas a registar até ao momento, por comparação com a época passada, “só” Danilo (Nice), André Horta (Los Angeles FC), Jefferson (regresso ao Sporting CP) e João Carlos Teixeira (regresso ao FC Porto). A imprensa portuguesa tem, no entanto, vindo a dar conta das negociações entre FC Porto e SC Braga tendo em vista a transferência do central Raúl Silva.

João Novais é uma das caras novas na Pedreira
Fonte: SC Braga

Francisco Trincão, poderá ser uma das apostas fortes de Abel Ferreira para a próxima temporada. Depois de uma época muito positiva ao serviço da equipa B, o extremo português fará, para já, a pré-época com a equipa principal. O mesmo se pode dizer de Bruno Xadas. Depois de uma época algo intermitente, está poderá ser a época de afirmação para o médio português no conjunto bracarense. O que é certo é que o Sporting Cube de Braga começa também a recolher frutos da sua forte aposta no desenvolvimento da formação e o plantel bracarense pode orgulhar-se de contar com vários portugueses nas suas fileiras.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários