Para os lados do Vitória SC, as coisas têm andado em stand by após o término da última temporada. Mais precisamente, após a demissão do presidente Júlio Mendes. A proposta feita pelo clube para alterar os estatutos, dando mais poder aos accionistas da SAD foi chumbada pelos sócios, o que levaria Júlio Mendes a colocar um ponto final no seu percurso de sete anos a comandar os destinos do clube da cidade-berço.

Toda esta situação tem feito com que as coisas para os lados de Guimarães tenham andado um pouco paradas, sendo que por enquanto, uma das poucas coisas que se sabe é que irá haver mudanças no comando técnico, visto que Luís Castro acabou irá substituir Paulo Fonseca no comando técnico do Shakhtar Donetsk.

As eleições antecipadas irão realizar-se no próximo dia 20 de Julho, precisamente cinco dias antes do primeiro jogo oficial dos vitorianos. Como tal, um novo treinador será certamente anunciado até lá. Sem haver confirmações, o nome mais falado é o de Ivo Vieira, que é na minha opinião, uma das opções mais lógicas e naturais, tendo em conta a conjuntura actual.

Ivo Vieira foi o timoneiro daquela que foi a melhor época da história do Moreirense FC, destacando-se pela prática de um futebol positivo e atractivo que valoriza o jogo e os jogadores. Antes de rumar a Moreira de Cónegos, já no GD Estoril-Praia, apesar do último lugar na tabela classificativa, a sua equipa mostrou um bom futebol. Como tal, nesse aspecto não difere muito de Luís Castro.

Anúncio Publicitário
Ivo Vieira poderá não se afastar muito do seu último local de residência
Fonte: Moreirense FC

Caso esta transferência se confirme, onde o técnico madeirense será realmente posto à prova será na componente mental. O principal objectivo do Moreirense FC era a manutenção, visto que à medida que a época avançava e os bons resultados iam aparecendo, haveria menos pressão para a equipa e para o treinador.

No Vitória SC não será assim. Sendo um clube vimaranense um crónico candidato à qualificação para as competições europeias, as expectativas serão mais elevadas, o que resultará em mais pressão para Ivo Vieira. Na cidade-berço, o técnico madeirense terá de lidar com uma direcção que tem outros objectivos e com uma massa adepta mais exigente e que não irá dar abébias.

Será necessário também que a nova direcção do Vitória SC que ainda está por chegar, tenha a capacidade de identificar as lacunas da equipa, e que reforço onde seja necessário, sobretudo no ataque, onde na última temporada, o brasileiro Davidson foi o único a convencer. A meu ver, também precisam de um defesa-central que saiba sair a jogar, visto que Osorio deverá regressar ao FC Porto.

Seja quem for o sucessor de Luís Castro, espero que este seja capaz de levar o clube a um bom porto e a cumprir os objectivos.

 

Foto de Capa: Vitória SC