Aos 32 anos de idade, Rúben Ribeiro, regressa a Portugal um ano e meio depois do ataque a Alcochete. A sua nova casa será em Barcelos, a serviço do Gil Vicente FC, clube que já representou na temporada 2014/2015.

Pronto a relançar a carreira, o médio, que a certa altura foi ‘’riscado’’ das opções do Al Ain, clube dos Emirados Árabes Unidos, onde realizou apenas nove jogos pelo conjunto. Está parado há mais de meio ano, o que poderá prejudicar o seu estado físico e complicar a sua adaptação, visto que, a temporada já se encontra avançada.

Com uma carreira, maioritariamente, realizada por terras lusas, o atleta passou por conjuntos como Leixões SC, FC Penafiel, SC Beira-Mar, FC Paços de Ferreira, Boavista FC, Rio Ave FC e mais recentemente, a passagem atribulada pelo Sporting CP.

Rúben Ribeiro foi um dos jogadores que rescindiu
Fonte: Sporting CP

Pelos leões, presentou os adeptos com uma totalidade de 18 jogos, numa época atribulada que acabou, para Rúben, com o trágico ataque a Alcochete. Vários jogadores apresentaram a rescisão dos respetivos contratos, entre esses estava a carta do número sete, Rúben Ribeiro. Após a saída do clube, este foi o ativo que mais passou por dificuldades para se voltar a estabilizar a nível profissional.

Anúncio Publicitário

O médio ofensivo, prometeu aos adeptos gilistas um comprometimento total pelas cores que agora veste juntamente as suas pretensões passam por ser indiscutível no onze de Vítor Oliveira e provar aos adeptos e sócios, ainda recetivos acerca desta contratação, que é uma boa opção para o elenco.

Apostar num atleta de 32 anos é sempre um risco, pode levar um investimento pouco lucrativo se este não estiver a 100% comprometido com os objetivos do clube e ao nível das exibições da equipa que tem impressionado pelos relvados do país. A longevidade futebolística é, normalmente, muito pouca e um ano de inatividade pode custar nas ‘’pernas’’, mesmo com trabalho de ginásio, nada se compara às exigências que uma temporada suporta.

Foto de capa: Gil Vicente FC

Comentários