Ponta-de-lança

Barry – Continuamos nos anos 80 e com mais um inglês a passar por um histórico do futebol português. Formado no Everton mas com carreira feita em clubes mais modestos de Inglaterra, Barry chegou a Portugal em 1984/1985 pela porta da Académica, depois de uma temporada ao serviço do Swansea.

Em Coimbra, o avançado de 27 anos ganhou espaço aos poucos nos estudantes, com quatro golos marcados em 11 jogos na primeira época, mas no ano seguinte começou a brilhar na Briosa, com oito golos em 29 jogos.

No entanto, o avançado, tal como a Académica, começou a perder gás e em 1987/1988, com apenas um golo marcado em 27 jogos, Barry viu os estudantes descerem para a II Divisão, num ano em que uma reestruturação do campeonato fez com que seis (!) equipas fossem despromovidas.

O avançado inglês ainda seguiu com a Académica para a II Divisão mas, depois de 16 jogos sem qualquer golo, regressou a Inglaterra para jogar nos modestos Southport, Runcorn e Droylsden, onde terminou a carreira.

Anúncio Publicitário