Médio-Centro

Michael Thomas – Voltamos à armada britânica do Benfica e com um dos nomes mais sonantes a chegar aos encarnados, mas que não teve o rendimento esperado.

Em 1998/1999, aos 31 anos, Michael Thomas chegou à Luz com o carimbo de duas vezes campeão inglês, além de uma Taça de Inglaterra, duas Taças da Liga Inglesa e um Community Shield numa longa carreira em que brilhou no Arsenal e Liverpool, mas no Benfica esteve longe de ter o rendimento que o currículo fazia antecipar.

Já muito lento, ainda jogou 25 partidas e marcou um golo, mas a saída de Greame Souness ditou o fim da aposta no experiente inglês. Em 1999/2000 foi relegado para a equipa B e logo no ano seguinte seguiu para o Wimbledon, onde terminou a carreira.