Fundado em 2007, o Club Sintra Football nasce de uma visão e desejo do seu presidente Dinis Delgado, um dos mais célebres dirigentes do futebol distrital em Lisboa, que ganhou notoriedade nacional após uma reportagem num canal desportivo de televisão do nosso país.

A sensivelmente dois meses do final da temporada, o Club Sintra Football ocupa o terceiro lugar da Pró Nacional de Lisboa, somente a três pontos de distância do primeiro lugar, que dá acesso ao Campeonato de Portugal na seguinte temporada, sonhando com a estreia a nível nacional já na próxima época.

O clube, que joga num campo “emprestado” pelo Real Sport Clube de Massamá, foi pensado e projetado pelo seu fundador para atingir os mais altos voos do futebol nacional e internacional (aliás, o nome do clube tem toque britânico, mesmo a antever futuras presenças europeias). Começou da última divisão do futebol português e, 12 anos depois, está muito perto de surpreender a concorrência e os teóricos favoritos à subida ao Campeonato de Portugal, precisamente no seu ano de estreia na Pró Nacional de Lisboa.

Dinis Delgado tem provado o seu valor enquanto gestor de um clube de futebol distrital
Fonte: Club Sintra Football

Com um plantel com uma média de idades a rondar os 22 anos, grande parte com ligações no presente ou passado ao Real SC, os jovens do Sintra Football estão a provar que plantéis mais “batidos” e experientes, não quer dizer que sejam os melhores. Clubes como o CA Pêro Pinheiro, SC Lourinhanense, Clube Futebol Benfica ou Atlético Clube da Malveira, recrutaram jogadores mais “galactizados” no distrito, em termos de currículo (muitos “baixaram” diretamente do Campeonato de Portugal para a Pró Nacional), estatuto, ou até de investimento. No entanto, e sobretudo num contexto de distrital, o que faz a diferença são outros aspetos que vão para além disso.

Tino representou o clube nas divisões mais baixas chegando até à Segunda Liga, tendo regressado esta época ao Sintra
Fonte: Club Sintra Football

Num campeonato tão equilibrado e competitivo, onde os últimos surpreendem os primeiros com muita regularidade, o coletivo, o compromisso e mística marcam toda a diferença dos restantes e é nisto que o Sintra Football é bom.

Após a subida da divisão de Honra na época passada, o clube manteve vários elementos da época transata e reforçou-o com vários jogadores com ligações no passado ao Real SC, ou seja, mantendo a dinâmica dos últimos anos. O grupo é forte, tem muito talento, e tem um presidente que pensa sempre em grande e que olha para os limites como uma mera sugestão social, não permitindo comodismos.

Todo este contexto e ambiente à volta do clube, torna-o num “case study” em Portugal de verdadeiro sucesso. Aliás, ninguém pode garantir que subam ao Campeonato de Portugal já este ano, mas uma coisa é certa, este Sintra Football promete voar por outros patamares e deve ser seguido com atenção pela comunidade futebolística nacional, tanto em termos de resultados desportivos, como em termos de gestão, quer de espaços e instalações, quer de política de aquisições, etc, tendo sempre bem presente como o clube apareceu e como foi pensado e idealizado por Dinis Delgado.

O Club Sintra Football luta pela subida ao Campeonato de Portugal com o CA Pêro Pinheiro e Atlético da Malveira, estando a três pontos do primeiro lugar, quando faltam disputar 15 pontos.

 

Foto de Capa: Club Sintra Football

Comentários