Sabemos que a nossa Liga vive muito da formação e compra de jovens para posterior valorização por força daquilo que são as dificuldades inerentes aos grandes campeonatos europeus. No entanto, também é conhecido que grandes jogadores, tanto portugueses como também estrangeiros, vêm para os “campeonatos de segunda” como é o caso do português para terminarem as suas carreiras a um bom nível competitivo tendo em conta a idade que apresentam.

Desta forma, apresenta-se o 11 com os jogadores mais velhos por posição da nossa Primeira Liga, contabilizando a idade no momento da sua utilização e não a momentânea.