Cabeçalho Futebol NacionalO futebol açoriano continua a ser desvalorizado e pouco visível na geografia do futebol nacional. O CD Santa Clara é, até ao momento, o único clube a disputar competições profissionais. Poucos são aqueles que conhecem mais do que um ou dois clubes açorianos. A verdade é que este desconhecimento acerca do futebol dos Açores é injusto. Nos últimos anos, e pese embora as dificuldades financeiras, os clubes açorianos têm crescido. Que o digam o Operário e o Praiense, que na temporada passada lutou até ao final contra o Leixões pela subida. Esta época, o objetivo volta a ser o mesmo de há muitos anos: colocar mais uma equipa açoriana, a participar no Campeonato de Portugal (CPP), nos campeonatos profissionais.

Para aqueles que não conhecem, o Campeonato de Portugal é uma competição que envolve clubes de norte a sul e ilhas, em que se disputam dois lugares que dão acesso à Segunda Liga.

O Real Massamá foi o grande vencedor da última edição do CPP Fonte: Real SC
O Real Massamá foi o grande vencedor da última edição do CPP
Fonte: Real SC

Este campeonato é organizado em várias zonas, neste caso cinco, e em que os dois primeiros de cada zona, ficam classificados para uma segunda fase de apuramento que é composta por dois grupos: norte e sul. Os vencedores de cada grupo, já com a subida alcançada, defrontam-se entre si numa final para o apuramento do campeão.

Anúncio Publicitário

Para além desta hipótese de subida, há também a hipótese de se disputar um playoff com equipas da Segunda Liga, na linha de água, como aconteceu na temporada passada entre Leixões e Praiense e Merelinense e Académico de Viseu. Posto isto, há que dizer que este CPP deverá ser o campeonato mais competitivo em Portugal. São inúmeros os jogos que estas equipas fazem ao longo de uma temporada. O desgaste é imenso e para um clube conseguir a tão almejada subida é preciso muito esforço, muita coerência, muita consistência. Não é fácil competir neste CPP. Há muitas equipas a investir forte nos seus planteis e vemos até que as diferenças entre a segunda divisão e o CPP, já não são tão vincadas, muito por culpa da qualidade que estas equipas têm vindo a alcançar.

Esta temporada, no CPP, temos a representar os Açores, equipas como: Operário, Sporting Ideal, Praiense, Lusitânia e Sporting Guadalupe.