Jonathan Toro é um dos principais rostos do excelente início de época do CD Tondela. O jovem hondurenho de 20 anos está na sua primeira experiência de Primeira Liga e está, paulatinamente, a confirmar todo um potencial que já lhe vinha sendo reconhecido desde há algumas épocas.

Embora tenha apenas um golo marcado pelo Tondela até ao momento, a verdade é que Jonathan, para um avançado, dá muito mais à equipa do que somente golos. A forma como se movimenta e principalmente a sua qualidade técnica evidenciam muito mais do que as estatísticas possam mostrar. Jonathan é um elemento preponderante no jogo ofensivo da equipa de Natxo Gonzaléz. É forte no jogo de transições devido à sua velocidade, mas é também muito útil em organização ofensiva. Possui uma excelente visão de jogo e também um bom remate exterior.

Jonathan tem um futuro promissor
Fonte: CD Tondela

Jonathan chegou a Portugal para a equipa de juniores do Gil Vicente FC e foi precisamente aí, na época 14/15, que deu o seu cartão de visita. A sensacional campanha dos juniores Gilistas (que lutaram pelo título nacional até às últimas jornadas) foi particularmente feliz para o hondurenho, que marcou 13 golos em 14 jogos, sagrando-se o melhor marcador da competição, apesar de ter chegado apenas em Janeiro.

Seguiram-se mais três épocas de galo ao peito, mas foi a época 17/18 que lhe permitiu sair para outra realidade. Uma realidade bem vizinha. Espanha. Huesca. Porém, Jonathan não somou qualquer minuto oficial pelos espanhóis, tendo acumulado empréstimos a Varzim SC e Académica OAF, tendo somado um total de dez golos na Segunda Liga. Esta temporada é a de novo empréstimo, mas com sabor de Primeira Liga, ao serviço do Tondela.

Anúncio Publicitário

Natxo Gonzaléz terá sabido retirar o melhor que Jonathan tem para oferecer. Hoje, vemos o hondurenho feliz em campo e a contribuir decisivamente para a equipa beirã. A proposta de jogo positiva, com procura em ter bola e jogar de forma atrativa, também beneficia o jogo de Jonathan que, também por isso, está a voltar a ter rendimentos elevados. A estreia na chamada à seleção principal do seu país, coroada já com dois golos, é reflexo disso mesmo.

Jonathan é um projeto de excelente jogador que poderá, se continuar a evoluir e a fazer mais golos, levá-lo para outros patamares dentro do futebol português. Humildade e talento tem. Veremos se continuará a ser feliz por terras beirãs.

Foto de Capa: CD Tondela

Artigo revisto por Joana Mendes

 

Comentários