A Primeira Liga conta atualmente com 18 equipas, mas há surpresas reservadas para a próxima temporada. Depois de uma decisão judicial, e já confirmada pela Liga, o Gil Vicente FC vai subir diretamente ao primeiro escalão.

Desta forma, o lote de equipas sediadas a norte não vai sofrer grandes alterações, ainda que desçam algumas formações originárias desta área geográfica. No entanto, apertando mais a “lupa”, podemos reparar que a região do Minho poderá vir a ser uma das mais influentes no nosso campeonato.

SC Braga e Vitória SC, os históricos rivais e intervenientes do derby do Minho, colocam-se atualmente na primeira metade da tabela e continuarão, certamente, por muitas temporadas nesta divisão. Os bracarenses, atualmente com 61 pontos, seguem na quarta posição, bem distanciados dos vimaranenses, que somam 45 pontos, na sexta posição.

A realizar uma época excecional, e intrometido entre os adversários acima mencionados, segue o Moreirense FC. Os cónegos, liderados por Ivo Vieira, que já sabe que não vai continuar no cargo na próxima época, estão atualmente na quinta posição, resultado dos 49 pontos amealhados até agora.

O “galo” vai voltar a cantar na capoeira dos “grandes”
Fonte: Gil Vicente FC

A estas confirmações minhotas na Primeira Liga 2019/20 juntam-se os gilistas. Atualmente na série A do Campeonato de Portugal, os barcelenses já sabiam que iam atuar nos maiores palcos portugueses na próxima temporada e vão, assim, integrar o lote de minhotos primodivisionários.

Contudo, pode não ficar por aqui. Na segunda posição da Segunda Liga, e “condenado” à subida, está o FC Famalicão. Atualmente com 57 pontos, os famalicenses já eram sérios candidatos à subida desde o início, tendo agora oito pontos de vantagem para o candidato seguinte (Académica OAF) e quatro de atraso para o líder, o FC Paços de Ferreira.

Desta forma, e se tudo correr em conformidade, o Minho poderá ter cinco plantéis a disputar a próxima edição da Primeira Liga, o que corresponde a cerca de trinta por cento, o que iguala o atual peso do Douro Litoral (cinco) e supera a Estremadura (quatro).

 

Foto de Capa: FC Famalicão

Comentários