2.

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Paulinho – Na segunda posição, eis o underdog. O único que ainda não representou clubes fora de portas. E o único que não passou pela formação de um “grande”. Estatutos, empresários e grandezas à parte, é o mais goleador desta lista durante a presente temporada: 25 golos em 45 jogos, com candidatura à Bola de Prata. Ainda que a aproximação do SC Braga aos grandes na última década seja um ponto a seu favor, é sem dúvida, um alvo apetecível para qualquer um deles. Técnica e fisicamente muito forte, é no sentido tático e estratégico do jogo que bate os outros. Já merece uma oportunidade, não acha, Sr. Engenheiro?