Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

Fundado em 1939, nos tempos da II Grande Guerra, o Estoril é um histórico da zona de Lisboa ao qual conta com sucessivas participações na Primeira Liga Portuguesa desde 1944 onde, numa fase inicial conta com uma final da Taça de Portugal, a maior goleada da história da Primeira Divisão, uns expressivos 10-0 contra o Lusitânia F.C e ainda com 96 golos marcados em 1946/47. Apesar destes fatores bastante positivos, os Canarinhos contaram com 23 anos consecutivos na Segunda Divisão e ainda com uma descida para a Segunda Divisão B (atualmente Terceira Divisão).

Entre contínuas subidas e descidas de escalão, décadas mais tarde, o Grupo Desportivo Estoril Praia enfrentou uma grave fase na sua longa história onde, devido a uma grave crise financeira, por pouco não fechou portas e parece agora voltar a erguer-se desde que, ao comando de Marco Silva, venceu a Segunda Divisão Portuguesa e, desde então, tem-se mantido na Liga NOS nos últimos quatro anos, contando com um quarto e quinta lugar no campeonato, apurando-se assim para duas edições consecutivas da Liga Europa.

Se olharmos para os jogadores que tiveram no Estoril a sua rampa de lançamento para os três grandes do Futebol Português ou até mesmo para as principais ligas do futebol europeu, não podemos ficar indiferentes a jogadores como Pauleta, Carlitos, ou mais recentemente, Jefferson, Carlos Eduardo, Evandro ou Bruno César, Marco Silva foi o novo impulsionador deste clube que continua à procura de reforçar o seu estatuto de clube assíduo na Primeira Divisão onde foi seguido atentamente pelo seu anterior Treinador Adjunto e agora Treinador da equipa principal, Fabiano Soares, o antigo jogador brasileiro que atuou durante bastantes anos em Espanha, inclusive ao serviço do Celta de Vigo.

Após a saída de José Couceiro em 2015, Fabiano Soares tem dado cartas com o seu futebol implementado com ideias fixas e bastante interessantes e é, neste momento, o único treinador brasileiro a comandar uma equipa da primeira divisão dos principais campeonatos da Europa.

Fabiano Soares tem feito um bom trabalho no GD Estoril-Praia Fonte: GD Estoril-Praia
Fabiano Soares tem feito um bom trabalho no GD Estoril-Praia
Fonte: GD Estoril-Praia

À primeira vista, quando ouvimos falar de um treinador brasileiro, julgamos sempre um futebol criativo, parado e preso às emoções do jogo onde, a tática e a organização defensiva, não são aspetos primordiais. Pois bem, Fabiano Soares teve o seu curso de treinador em Espanha e as filosofias do futebol europeu estão bem explícitas no estilo de jogo que incute nos seus jogadores.
Numa luta acesa pelo último lugar que dá acesso às competições europeias com o Rio Ave e o Paços de Ferreira FC, Fabiano Soares é um dos treinadores revelações e a ter em conta para um futuro, dada é a sua evolução e a sua capacidade de assimilar erros e de implementar as suas ideias, qualquer que seja o adversário.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários