Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

Bom dia caríssimos sócios, adeptos e simpatizantes deste nosso grande e amado clube.

É de coração cheio e repleto de contentamento que vos escrevo estas pequenas linhas. A última semana foi uma semana de enorme contentamento porque 11, sim é verdade, 11 anos depois se fez justiça. Nós VAMOS VOLTAR À PRIMEIRA LIGA, de onde nunca devíamos ter saído. Foi uma vergonha o que fizeram connosco. A maior vergonha do Futebol Português. Assim como foi uma vergonha estarem 11 anos para resolverem algo que nunca devia sequer ter acontecido. Mas bom… Não é para vos falar sobre esta última década que vos escrevo, mas antes sobre a próxima.

Caros Gilistas: é tempo de nos prepararmos para o futuro que aí vem. É tempo de mostrar de que fibra somos feitos. De mostrar ao país que Barcelos é muito mais que uma terra de gente boa, de gente amiga do seu amigo, hospitaleira, lutadora e de raízes simples e humildes. É tempo de lhes mostrar que o galo está bem vivo, e que esse galo irá cantar aos ouvidos de cada um deles desde madrugada até ao pousar do sol. É tempo de lhes mostrar que o nosso clube fez falta. Que fez muita falta!

Francisco Dias da Silva assumiu a Presidência do Gil Vicente FC em Maio de 2017 Fonte: gilvicentefc.pt
Francisco Dias da Silva assumiu a Presidência do Gil Vicente FC em Maio de 2017
Fonte: gilvicentefc.pt

Temos um ano e meio para preparar este regresso, e assim sendo, vamos prepará-lo minuciosamente. Durante o tempo que nos separa do regresso, iremos dentro das quatro linhas (e não levem a mal), andar por aqui à espera que o tempo passe. Não queremos passar vergonhas, mas pedimos a cada um de vós, que neste ano e meio consigam deixar de lado um pouco o presente e que preparem o vosso corpo e mente para o futuro belo que se avizinha.

Não vamos andar a investir para nada, porque a verdade é que temos um ano e meio de preparação para o que realmente importa. Sentimo-nos como se fossemos o país organizador da próxima grande competição de selecções, tendo assim um longo período de “aquecimento” com uma série de amigáveis para esse grande momento que há-de chegar. Até lá iremos observar os possíveis “seleccionáveis” e alinhavar a estratégia mais correcta para que tenhamos um ano como aquele que esperamos.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários