CS Marítimo vs. FC Porto

“Tecatito” Corona, um dos melhores frente ao FC Famalicão e dos melhores em 19/20 até ao momento
Fonte: Diogo Cardoso/Bola na Rede

Começamos pelo clube que está, pela diferença de golos, no primeiro lugar: o FC Porto. Nesta visita difícil à Madeira, para defrontar o CS Marítimo, a equipa entra motivada e com vontade de dar continuidade à belíssima exibição do último encontro. Para mim, esta foi mesmo a segunda melhor exibição dos dragões em toda a época, só superada pela vitória no Estádio da Luz, frente ao SL Benfica.

Houve sempre dinâmica no jogo, com ataques constantes à baliza de um FC Famalicão que me pareceu surpreendido com aquela forma de jogar. Sabemos que há ali muita qualidade naquele plantel, mas com Marega o FC Porto joga de uma forma, e sem Marega joga de outra.

Sérgio Conceição gosta que as suas equipas sejam fortes fisicamente e muitas vezes, devido a esse facto, o fio de jogo que a sua formação implementa não é tão “bonito”, pelas próprias características dos jogadores. No fundo, citando Cândido Costa, ex-jogador dos FC Porto e agora comentador televisivo, “não são aqueles jogadores que saem da cabine telefónica, são os que arrancam e levam a cabine telefónica às costas”.

Sem Marega, que não está convocado, sou da opinião que o FC Porto é ainda mais perigoso, porque tem mais qualidade com bola nos pés e isso potencia jogadores como Zé Luís, Otávio, Corona e até o próprio “Tiquinho” Soares, que me parece ser neste momento o avançado em melhor forma do conjunto azul e branco.

Quanto ao CS Marítimo, o momento não é tão positivo. A equipa parece estar com dificuldades em adaptar-se às ideias do treinador que lidera este projeto, Nuno Manta Santos, e está situada em 11.º lugar, com apenas nove pontos conquistados. Muito aquém do que o seu presidente, Carlos Pereira, imaginaria.

Anúncio Publicitário

UMA DESLOCAÇÃO SEMPRE DIFÍCIL PARA O FC PORTO! QUEM VAI VENCER? APOSTA JÁ!

Apesar disto, nos últimos três jogos para a Liga conseguiu amealhar cinco desses pontos, e o facto de não ser uma equipa tão sólida defensivamente é compensado, de alguma forma, pelo facto de ir marcando. Até ao momento, em 12 jogos oficiais, o CS Marítimo facturou em 11, sendo a única excepção a visita a Setúbal, que aconteceu na última jornada.

Não acredito que Sérgio Conceição mude a equipa para este jogo – com excepção para o regresso de Alex Telles – e acho que vai dar continuidade ao bom trabalho que tem desempenhado. Apesar disto, sou da opinião que o Marítimo pode marcar, até porque a defesa tem sido o ponto fraco do FC Porto nesta época.

Na Bet.pt, o +0,5 de golos do Marítimo a 1.90, parece-me ser uma opção a considerar, assim como o mercado “Ambas as Equipas Marcam – Sim” a 2.15. Ainda assim, a abordagem que mais gosto para este jogo é mesmo o +2,5 golos a 1.68. Porquê? Porque prevejo uma vitória dos dragões, mas não sem sofrer. No entanto, se o Marítimo tiver um dia mau, não me choca imaginar o FC Porto a cobrir a aposta por si mesmo.

Comentários