Anterior1 de 4Próximo

Rio Ave e Belenenses empataram a duas bolas no Estádio dos Arcos. Num jogo com duas partes completamente distintas, os rioavistas estiveram a vencer por duas vezes, mas acabaram por ceder o empate.

O jogo começou equilibrado, com ambas as equipas à procura de jogar, mas muito pobre em oportunidades.

O primeiro aviso, dado por Buatu, surgiu já depois do primeiro quarto de hora. Na sequência de um livre lateral, Coentrão solicitou o central nas alturas, mas o cabeceamento, já na pequena área, saiu ao lado. Pouco depois foi Galeno, num disparo de longe, a ameaçar.

O domínio do Rio Ave começava a acentuar-se e à terceira foi de vez. Bom passe de Carlos Vinícius a descobrir Gelson Dala, cruzamento do angolano na direita e Gonçalo Silva a desviar para a própria baliza.

O jogo voltou então a arrefecer, entrando num período pautado pelas lesões. Do lado do Rio Ave, Borevkovic teve de dar o seu lugar a Nélson Monte, enquanto no Belenenses Zacarya entrou para a vaga de Reinildo.

Até ao intervalo a única oportunidade surgiu num erro de Nélson Monte, que num mau atraso obrigou Leo Jardim a uma boa defesa.

Já no segundo tempo, Gelson Dala entrou com vontade de ampliar. O angolano ficou perto do golo por duas vezes: depois de rematar ao lado numa diagonal a partir da esquerda, atirou por cima num disparo de longe.

O Belenenses SAD tentou responder e, num remate muito forte, Licá atirou ao poste da baliza de Leo Jardim. O jogo estava frenético e o Rio Ave voltou a marcar, por Gelson Dala, mas o VAR anulou o golo por mão de Vinícius no início da jogada.

A equipa de José Gomes não reagiu bem à decisão e acabou por pagar caro. Fredy apareceu sozinho pela esquerda e assistiu Licá para o empate.

Com o marcador empatado, as equipas não se deram por satisfeitas e o espetáculo agradeceu, entrando o jogo num período muito vivo. Aos 64 minutos, Matheus Reis não desistiu de uma bola que parecia perdida por Galeno e assistiu Dala, que finalmente marcou.

Gelson Dala fez o 2-1 para o Rio Ave
Fonte: Liga Portugal

No entanto, o lateral esteve no melhor e no pior, fazendo penálti pouco depois, por mão na bola. Na conversão, Fredy não perdoou e o resultado ficou novamente empatado.

Até ao final, as duas equipas procuraram o golo da vitória e o Rio Ave terminou com três avançados, mas o resultado não se alterou.

ONZES INICIAIS:

Rio Ave FC: Leo Jardim, Matheus Reis, Buatu, Borevkovic (38’ Nélson Monte), Tarantini (63’ Jambor), J. Schmidt (87’ Bruno Moreira), Fábio Coentrão, Nadjack, Gelson Dala, Galeno, Vinícius

Belenenses SAD: Muriel, Reinildo (45’ Zacarya), Sasso, Gonçalo Silva, Diogo Viana, Nuno Coelho (52’ Eduardo), Lucca (85’ Dalcio), André Santos, Fredy, Licá, Henrique

Foto de Capa: Liga Portugal

Anterior1 de 4Próximo

Comentários