A CRÓNICA: ESPELHO PARTIDO VAI PARA MOREIRA DE CÓNEGOS

O jogo no Estádio dos Arcos entre o Rio Ave FC e o Moreirense FC começou acompanhado de chuva e de um equilíbrio entre ambas as equipas. Mas era o esperado porque falamos de duas equipas que têm feito uma caminhada semelhante no campeonato e que possuem ideias de jogo relativamente semelhantes.

Nos primeiros dez minutos, o Rio Ave foi a única equipa a conseguir criar perigo, mas o lance acabou invalidado por fora de jogo e a bola que havia sido rematada por Bruno Moreira acabou nas mãos de Pasinato.

Mas essa única oportunidade foi o pressentimento do que aconteceria aos 15 minutos. Pedro Amaral venceu uma disputa de bola e assistiu para Lucas Piazon concretizar o primeiro golo da partida. O brasileiro, à entrada da grande área, rematou para o fundo das redes do Moreirense. A equipa visitante não tardou em responder, mas, por infelicidade, Pedro Nuno não conseguiu aproveitar da melhor forma o cruzamento de Ferraresi.

O tempo foi-se esvaindo na primeira parte do encontro e, apesar da desvantagem no resultado, o Moreirense ganhou posição no relvado e mostrou que não era esse o resultado que queria levar para casa. Aos 31 minutos e depois de ameaçar várias vezes a baliza de Kieszek, a equipa de Moreira de Cónegos quase viu uma grande penalidade a ser assinalada em seu favor, mas a decisão por revertida pelo árbitro Iancu Vasilica.

Anúncio Publicitário

A mesma situação aconteceu dez minutos depois, aos 41 minutos, dentro da grande área do Moreirense, mas Iancu Vasilica, em cima do lance, teve de consultar o vídeo-árbitro e voltou a reverter a decisão de apontar para a marca dos onze metros a favor do Rio Ave.

E foi assim que o jogo se manteve até soar o apito para recolher aos balneários. E o recomeçar do encontro demonstrou mais do mesmo daquilo que foi a primeira parte. Exatamente o mesmo, exceto a definitiva marcação de uma grande penalidade a favor da equipa vilacondense aos 82 minutos. E Lucas Piazon não desperdiçou a oportunidade de aumentar a vantagem para o Rio Ave.

E pouca mais história existiu para contar na segunda parte do encontro. A equipa vilacondense venceu por 2-0 num jogo que se tornou monótono com o passar do tempo, apesar de equilibrado.

 

 

A FIGURA

Lucas Piazon – O jogador brasileiro do Rio Ave fez toda a diferença num jogo que se tornou monótono no Estádio dos Arcos. Para além de ter concretizado os golos que deram a vitória à equipa vilacondense, foi por Piazon que passou todo o jogo e praticamente todas as oportunidades de golo do Rio Ave. Um diamante ainda por lapidar que brilha por Vila do Conde.

 

O FORA DE JOGO

Ferraresi – O defesa venezuelano do Moreirense não esteve na sua melhor forma no encontro em Vila do Conde. O jovem de 21 anos acabou por fraquejar em alturas decisivas, no entanto não deixa de ser um dos grandes talentos da equipa de Moreira de Cónegos.

 

ANÁLISE TÁTICA – RIO AVE FC

O Rio Ave entrou em jogo num 4-2-3-1, com o já conhecido Kieszek na baliza e uma defesa central assegurada por Santos e Borevkovic, com o apoio de Pedro Amaral e Ivo Pinto nas alas. Filipe Augusto foi o homem responsável para segurar o meio campo, ao lado de Pelé e, igualmente, com a ajuda dos homens mais avanços no terreno, Carlos Mané, Diego Lopes e Lucas Piazon. O homem alvo dos vilacondenses foi Bruno Moreira.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Kieszek (6)

Filipe Augusto (6)

Borevkovic (6)

Bruno Moreira (7)

Diego Lopes (7)

Lucas Piazon (8)

Pelé (6)

Carlos Mané (7)

Pedro Amaral (7)

Ivo Pinto (6)

Aderllan Santos (7)

SUBS UTILIZADOS

André Pereira (6)

Tarantini (-)

Francisco Geraldes (-)

Meshino (-)

 

ANÁLISE TÁTICA – MOREIRENSE FC

Leandro Mendes continuou a apostar num 4-4-2, como nos tem habituado desde o início da época. Pasinato a defender as redes da baliza do Moreirense, com uma defesa bastante experiente e composta por Ferraresi, Steven Vitória, Rosic e Afonso Figueiredo. Os homens do meio-campo Fábio Pacheco e Filipe Soares contam com os extremos Pires e Walterson na ajuda e também para assistir aos homens-golo da equipa de Moreira de Cónegos, Pedro Nuno e Alex Soares.

 

11 INICIAL E PONTUAÇÕES

Pasinato (6)

Rosic (6)

Ferraresi (5)

Fábio Pacheco (7)

Pires (5)

Steven Vitória (6)

Filipe Soares (6)

Afonso Figueiredo (6)

Alex Soares (6)

Pedro Nuno (6)

Walterson (6)

SUBS UTILIZADOS

David Tavares (6)

D’Alberto (6)

Gonçalo Franco (-)

Ibrahima (-)

 

 

BnR NA CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

Rio Ave FC

Não foi possível colocar questões ao treinador do Rio Ave FC, Mário Silva

Moreirense FC

Não foi possível colocar questões ao treinador do Moreirense FC, Ricardo Soares

DEIXE UM COMENTÁRIO

Comente!
Por favor introduz o teu nome