Anterior1 de 4Próximo

Estivemos hoje reunidos para mais um encontro da Liga Europa, onde os “arsenalistas” do SC Braga defrontarão os turcos de Istambul, o Besiktas JK.

Sá Pinto, treinador do SC Braga, apostou num onze completamente diferente do último encontro entre as duas equipas – onde a equipa minhota se sagrou vitoriosa -, assim destacando-se a aposta numa mudança de GR – entra Eduardo e Matheus fica no banco.

Num início de primeira parte onde se ouvia predominantemente as claques de ambas as equipas, e o que começou por ser um jogo equilibrado entre os minhotos e os turcos, acabou por se mostrar uma superioridade gigante do Braga, depois do primeiro golo, marcado por Paulinho (14’).

No entanto, o Besiktas não se deixou levar pela melhor: T. Boyd empata o jogo, aos 29’, num ato mais frágil da defesa minhota.

O SC Braga reagiu a este empate da melhor forma, e Paulinho acaba por bisar na partida, 7’ depois do golo sofrido (36’), beneficiando de um erro crucial da defesa do Besiktas JK.

As surpresas de uma primeira parte atribulada não acabavam por aqui: sobre a falta dura de J. Lens sobre J. Palhinha aos 43’, é expulso com cartão vermelho direto, deixando a equipa de Istambul a jogar os restantes 45’ com dez elementos.

O SC Braga foi, sem dúvida, a melhor equipa em campo
Fonte: SC Braga

Pelo contrário à primeira parte, a segunda parte não está a ser o esperado: o ritmo do jogo abrandou exponencialmente, não só pelo Besiktas apenas estar a jogar com dez, mas também devido à tática mais defensiva do SC Braga para tentar manter ao máximo o resultado positivo.

Porém, a aposta de Sá Pinto em pôr a jogo o número 7, Wilson Eduardo, parece ter dado frutos: o avançado consegue fazer um golo na partida, aos 80’, deixando o GR do Besiktas, Karius, impune ao seu mágico remate.

Com uma primeira parte espetacular e uma segunda parte não tão favorável, o domínio da equipa minhota durante todo o encontro é claro, e a sua viitória acaba por aquecer o coração dos milhares de “guerreiros” que se deslocaram até ao Estádio Municipal de Braga, nesta noite fria e dolorosa para os turcos do Besiktas.

Numa altura em que, para garantir a manutenção de Sá Pinto, é extremamente importante estes triunfos, a verdade é que o SC Braga sabe como se exibir em plena Europa e nisso, não podemos discordar – e a prova é o primeiro lugar do grupo K da fase de grupos da Liga Europa.

ONZES INICIAIS E SUBSTITUIÇÕES

SC Braga: Eduardo (GR); N. Sequeira; Wallace; A. Horta (Trincão 76’); Paulinho (R. Fonte 66’); R. Horta (W. Eduardo 59’); Fransérgio; B. Viana; R. Esgaio; J. Palhinha; Galeno.

Besiktas JK: L. Karius (GR); E. Roco; U. Nayir; G. Yalcin (E. Secgin 87’) O. Ozyakup; T. Boyd; N. Uysal; D. Vida; J. Lens; K. Yilmaz (M. Elneny 71’); C. Erkin (P. Rebocho 62’).

Anterior1 de 4Próximo

Comentários