Jogos cancelados, empates, vitórias caseiras e forasteiras, goleadas, resultados inesperados…, enfim, a primeira jornada da Primeira Liga teve um pouco de tudo.

No primeiro jogo da edição 19/20 da Primeira Liga, não houve muitos motivos para festejar. Verdade seja dita, não houve sequer nenhum motivo. Na sexta-feira, o Portimonense SC recebeu o Belenenses SAD e o resultado nunca se alterou: assim, o campeonato começou com sempre triste 0-0.

Se o dia de sexta foi algo entediante, sábado veio modificar os níveis de emoção no futebol português. No primeiro jogo do dia, o recém-promovido Famalicão FC foi ao Açores e bateu a equipa do CD Santa Clara por 2-0: grande começo para os famalicenses. O golo inaugural do campeonato foi marcado nesse jogo logo aos 5 minutos pelo avançado espanhol Toni Martinez.

Logo de seguida, assistimos à primeira grande surpresa do campeonato: o Gil Vicente FC recebeu e venceu o Futebol Clube do Porto por 2-1. A cidade de Barcelos, que não via um jogo da Primeira Liga já há alguns anos, viu os gilistas a baterem os nortenhos num jogo em que nunca estiveram a perder: depois de Lourency inaugurar o marcador aos 60 minutos, Alex Telles empatou a partida de grande penalidade aos 73’; ainda assim, quatro minutos depois o médio búlgaro Kraev Bozhidar confirmou mesmo a vitória dos homens de Vítor Oliveira.

Gilistas surpreenderam dragões
Fonte: Liga Portugal

Ainda nesse dia verificámos a primeira goleada do campeonato português: em pleno estádio da Luz, Nuno Tavares, Pizzi (2 golos), Seferovic e Carlos Vinicius fizeram com que o SL Benfica batesse o FC Paços de Ferreira por uns esclarecedores 5-0. Esta foi a segunda goleada benfiquista em outros tantos jogos oficias nesta temporada.

Por sua vez, domingo começou com uma vitória caseira: o Boavista FC venceu o CD Desportivo das Aves. Os boavisteiros adiantaram-se no marcador logo aos 6 minutos por Yusupha e, depois de terem sofrido o golo do empate aos 41’ por intermédio de Mohammadi Mehrdad, Rafael Costa confirmou a vitória dos homens do bessa aos 75 minutos de grande penalidade.

No segundo jogo do dia, houve mais uma grande surpresa: o CS Marítimo recebeu o Sporting Clube de Portugal e conseguiu pontuar em pleno estádio dos Barreiros. Os maritimistas marcaram logo aos 7 minutos e o marcador não mais se alterou depois do golo de Coates à passagem da meia hora de jogo.

À noite, o SC Braga de Sá Pinto entrou no campeonato com o pé direito e venceu o Moreirense FC por 3-1 com golos de Fransérgio, Hassan e Wilson Eduardo. O golo dos homens de Moreira de Cónegos foi marcado já no final da partida pelo conhecido avançado brasileiro Nené.

Porém, a jornada inaugural começou com um nulo e terminou da mesma maneira. Em Setúbal, o Vitória FC empatou com o CD Tondela e o técnico sadino Sandro Gomes continua assim com a fama do ‘treinador para o pontinho’.

É ainda de destacar o Rio Ave FC vs Vitória Sport Clube que não decorreu por motivos de inerentes à bancada do estádio dos Arcos. A partida foi reagendada para o próximo dia 8 de setembro.

Foto de Capa: Liga Portugal

 

Comentários