Anterior1 de 2Próximo

Cabeçalho Futebol Nacional

A formação em Portugal está a viver dos seus melhores dias e isso deve-se muito, não só à contínua evolução das condições das suas Academias como à aposta no jogador português. Se antes tínhamos uma das melhores academias do Mundo, a de Alcochete, agora temos também a do Seixal e centros de treino como o Olival e a Cidade Desportiva do Braga que continuam a crescer a passos largos, valorizando jovens jogadores e levando a que o seu desenvolvimento seja acompanhando até às suas equipas principais, numa aposta nos produtos da formação e assim, valorizando as nossas seleções nacionais.

Se a geração de Bernardo Silva (que embora não tenha estado presente), João Mário, William Carvalho, entre outros jogadores foi um dos principais motivos que nos levaram à conquista do Euro’16 e ao atual momento de forma da nossa Seleção, no futebol atual é natural vermos jogadores a brilharem pelos melhores campeonatos europeus, atuando nas melhores equipas.

A história parece estar para continuar e surge agora uma geração de ouro, a de 99. Constituída essencialmente por jogadores que militam nas equipas B’s dos três grandes, estes jovens jogadores que conta agora com os seus 18 e 19 anos, foram vencedores não só do Euro sub-17 em 2016 como foram finalistas do euro sub-19 no ano transato.

Esta nova formada de craques parece prometer e o acompanhamento na sua evolução tem sido bem mais controlada do que aquela que vimos com a geração de 97, onde jogadores como Renato Sanches e Rúben Neves atingiram o estrelato cedo de mais e tiveram que recuar uns passos para poderem continuar a sua evolução natural.

Vejamos agora alguns craques que têm despontado não só em solo nacional, mas também em solo inglês:

Pelo Olival, o talento para desenvolver defesas continua a dar que falar e, neste momento, conta com 3 defesas e um guarda-redes que vão construindo o seu caminho até cumprirem os seus sonhos e chegar à equipa principal do Futebol Clube do Porto. Falamos de Diogo Costa, um guarda redes de elevado nível que tem tido em Casillas um excelente mentor para a sua evolução. Fortíssimo entre os postes e seguro a ser destes, o jovem guardião mostra enorme maturidade e confiança nas suas qualidades.

No eixo da defesa, Diogo Queirós e Diogo Leite vão fazendo uma dupla de centrais a ter em conta para o futuro dos dragões. Fortes no jogo aéreo e sempre concentrados e com bastante personalidade na abordagem dos seus lances, Queirós é já comparado a Jorge Costa, esperando-se que este possa seguir as pisadas de um dos maiores líderes da história portista.

Dallot é um dos maiores ativos da formação portista Fonte: Diogo Dallot
Dallot é um dos maiores ativos da formação portista
Fonte: FPF

Outrora apontado ao Real Madrid e ao Barcelona pela empresa espanhola, surge Diogo Dalot, um lateral moderno, capaz de fazer o corredor todo dado o seu espírito combativo e à sua velocidade. Titular em todas as seleções nacionais, tem bastante facilidade em chegar à área adversária causando perigo às defesas que enfrenta.

Um bocado mais a norte, em Braga, depois de jogadores a dar nas vistas, como Xadas, Pedro Neto ou Bruno Jordão, é agora a vez de Francisco Trincão, um diamante bruto a emergir nas terras de Bom Jesus. Rápido e fortíssimo no um para um, Trincão vai mostrando a Portugal a raça minhota e como podemos ter aqui mais um caso sério de sucesso dos “Guerreiros”.

Por terras lisboetas, o talento continua a emergir, quer pelas turmas de Alvalade, quer pelas turmas do Seixal. No Sporting Club de Portugal, pode estar a emergir um dos casos mais sérios em Portugal, dos últimos anos. Rafael Leão, um jogador à imagem de Mbappé e de uma linha ténue de jogadores de enorme calibre, tem na sua veia goleadora e na sua capacidade de velocidade e aceleração, dois condimentos perfeitos para cilindrar qualquer defesa. Embora Jorge Jesus tenha.se referido à jovem promessa leonina como um próximo jogador a atingir o nível de Gelson Martins ou de Daniel Podence, este pode vir a atingir patamares bem superiores, é esperar para ver.

Anterior1 de 2Próximo

Comentários