logo-BnR.png

ÚLTIMA HORA:

5 jogadores que admiro no FC Porto

FC Porto e Sporting CP defrontam-se para um dos jogos que pode decidir o rumo do resto do campeonato: se os dragões vencerem, vão lançados para a conquista do título; se os comandados de Rúben Amorim saírem com o triunfo, aproximam-se do líder da tabela classificativa, renascendo a esperança na revalidação do campeonato; se terminar empatado, fica tudo na mesma entre estas duas equipas, com a possível aproximação do SL Benfica.

De modo a antever o clássico no Estádio do Dragão, proponho-me a fazer uma lista dos cinco atletas dos dragões que mais admiro. Acrescento que apenas avaliarei as qualidades futebolísticas dos intervenientes, e não qualquer outro fator.

5. Otávio

Fonte: Carlos Silva / Bola na Rede

O internacional português pela seleção A tem sido um dos jogadores-chave da equipa de Sérgio Conceição, nas últimas temporadas. Otávio chegou ao FC Porto em 2014, mas só em 2016, após o empréstimo ao Vitória SC, se afirmou com a camisola azul e branca.

Anteriormente um número 10, agora é o titular do FC Porto a médio ala. Porém, apesar de muitas vezes partir as suas ações do corredor direito, continua com uma extrema importância no jogo entrelinhas de Sérgio Conceição, muito pela profundidade que o lateral direito dá junto à linha. Só nesta temporada, já leva 11 assistências no campeonato.

4. Diogo Costa

Diogo Costa
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Sempre titular na seleção sub-21 portuguesa, a verdade é que o seu nível não está muito longe daquele que se pede na baliza da equipa principal das quinas. Diogo Costa agarrou a titularidade no onze de Conceição e tem mostrado o porquê de o merecer.

Um guarda-redes completo. Sai muito bem no um para um com o avançado e é seguro entre os postes.

3. Vitinha

Vitinha
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Vitinha esteve emprestado ao Wolverhampton Wanderers FC na temporada passada, mas os ingleses não acionaram a cláusula de compra de 20 milhões de euros que o seu contrato possuía. Não sei quem foi mais incompetente: o FC Porto por se ter dado ao luxo de poder perder Vitinha por esse valor, ou os “Wolves” por não terem acionado a opção de compra.

Prova disso é a temporada que o médio de 21 anos está a fazer ao serviço do clube da cidade invicta. Vitinha tem sido titular no meio-campo portista e demonstrado toda a sua qualidade. É um jogador que tem muita qualidade técnica, criatividade, e consegue ter a agressividade que Conceição pede aos seus jogadores.

2. Pepe

Pepe defesa FC Porto
Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

Um dos melhores defesas centrais da sua geração. Pepe pode já não ter todas as valências que outrora possuiu, mas continua a ser um dos melhores da Liga Portuguesa.

Com os seus 38 anos de idade, o internacional português continua rápido, ágil e fortíssimo no desarme. Um verdadeiro capitão e uma mais valia para qualquer balneário.

1. Fábio Vieira

Fonte: Diogo Cardoso / Bola na Rede

O internacional sub-21 pela seleção portuguesa é o meu jogador favorito do FC Porto. Um médio com propensão para jogar no último terço do campo, Fábio Vieira tem uma veia criativa imensa e é dotado ao nível do drible, passe e remate. Afirmou-se esta temporada na equipa principal dos dragões, e já leva 10 assistências no campeonato.

Sérgio Conceição mudou um pouco a sua dinâmica de jogo em algumas partidas, jogando com em 4-2-3-1 ao invés do habitual 4-4-2, sobretudo por entender a diferença que faz ter Fábio Vieira em campo. Atrás da principal referência ofensiva é onde ele faz maior diferença, fazendo muitas vezes lembrar Bruno Fernandes.

Há muitos anos que o Miguel tem contacto com o futebol. Desde tenra idade habituado ao nervoso miudinho causado pelo desporto rei, Alvalade acabou por se tornar o palco principal do teatro dos seus sonhos. Jovem aspirante a jornalista e apaixonado pela área da comunicação, escolheu a ESCS para tirar a sua licenciatura. Agora, pretende ganhar asas e rumar até novos palcos.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

Há muitos anos que o Miguel tem contacto com o futebol. Desde tenra idade habituado ao nervoso miudinho causado pelo desporto rei, Alvalade acabou por se tornar o palco principal do teatro dos seus sonhos. Jovem aspirante a jornalista e apaixonado pela área da comunicação, escolheu a ESCS para tirar a sua licenciatura. Agora, pretende ganhar asas e rumar até novos palcos.                                                                                                                                                 O Miguel escreve ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.

[my_elementor_post_nav_output]

FC PORTO vs CD TONDELA